Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Direito criminalista: Conheça as funções de um advogado que atua no setor

(Reprodução: Freepik)

A área do direito criminal é uma das que possui mais vertentes. Isso acontece porque cada situação precisa de uma atenção especial, dedicação e muito estudo de leis e sanções, para que os casos sejam resolvidos da melhor forma possível. 

A área criminalista é muito ampla, e o profissional tem diversos caminhos para seguir. 
Grande parte dos advogados que atuam com excelência, são reconhecidos por seus feitos e dessa forma, seguem para algo mais de acordo com sua especialidade no direito criminalista. 

Eles podem atuar em delegacias, defensoria pública, advogado correspondente, entre outras opções que a área possui. 

A seguir, vamos apresentar algumas áreas em que um advogado criminalista pode atuar.

Advogado Particular

O Advogado particular, pode tanto fazer parte de um escritório, como atuar de forma autônoma em ações penais particulares, como advogado de defesa, visando o interesse de seus clientes. 
Geralmente o salário, nesse caso está ligado ao número de clientes que possui na ocasião, ou no caso de um escritório, pode ser um salário previamente combinado ou alguma porcentagem de ganhos de indenizações de seus cliente. 

Carreira Pública


O defensor público inicia geralmente sua carreira por meio de concursos. As atividades podem ocorrer na prática no Ministério Público, Polícia e nos Tribunais, onde a finalidade é garantir que a lei seja efetivamente cumprida para os cidadãos, fundamentada nos direitos dos brasileiros. Pela lei Brasileira, todos têm direito a um advogado, mas como nem todos têm a possibilidade de pagar por esses serviços, um defensor público é designado para essas situações. 

Advocacia Correspondente 


Um advogado correspondente auxilia outro advogado autônomo ou em escritórios. 
Ele é responsável por funções mais específicas de um processo, às quais necessitam de um apoio, com protocolos de petições, cumprimento de diligências e despachos. 

Este profissional também pode fazer a parte mais ativa num processo, como acompanhar um cliente, reuniões e depoimentos, agilizando assim os serviços prestados, deixando mais dinâmicos e compartilhando os resultados mais efetivos aos clientes.

Promotor 

O promotor de justiça, é um funcionário público que geralmente atua na acusação de ações penais públicas, em crimes contra o estado ou crimes que são tidos como graves e que afetam a ordem social, como tortura, sequestros ou assassinatos. 

Para ser promotor, precisa ter uma experiência de pelo menos três anos de atuação em defensoria pública. 

Juiz Criminal 


A magistratura é uma das carreiras mais desejadas entre os profissionais da área do direito. O cargo é público estadual ou federal de caráter vitalício, ou seja, aprovado no concurso e exercendo a função, torna-se juiz para o resto da vida. 
Ao passo que é extremamente atrativo, o grau de dificuldade para conseguir alcançar essa função também é impressionante. O candidato é submetido a exames práticos e teóricos, provas objetivas e subjetivas, orais, entre outras, sempre com alto nível de complexidade. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um juiz é responsável pela análise e tomada de decisões em processos, audiências e outras funções. 
O salário inicial é em torno de vinte mil reais mais os benefícios e gratificações, podendo chegar até cento e cinquenta mil reais. 








Você pode gostar