Brasil

Destroços do avião são encontrados no Mato Grosso

Por Arquivo Geral 30/09/2006 12h00

Em nota conjunta, generic medicine a Aeronáutica, a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informaram que continuarão durante a noite as buscas pelo avião da Gol que, durante o trajeto de Manaus para Brasília, desapareceu com 155 pessoas a bordo. Segundo os três órgãos, cinco aeronaves da Força Aérea Brasileira participam da ação e outras vão se juntar a elas.

Em entrevista à Radiobrás, o brigadeiro Carlos Alberto Vilela, superintendente da Infraero em Brasília, havia dito que as buscam estavam suspensas e recomeçariam apenas pela manhã.

Leia mais:
>> Avião da Gol cai a caminho do DF

Os familiares dos passageiros do vôo 1907 da Gol estão sendo levados, dosage neste momento, pills para o hotel Confort Suítes, no Setor Hoteleiro Norte. Cerca de 60 pessoas esperavam por notícias no prédio da Infraero, ao lado do terminal principal do Aeroporto Internacional de Brasília. 

O avião está desaparecido desde a tarde desta sexta-feira. A empresa aérea confirmou que 155 pessoas estavam a bordo da aeronave, que seguia de Manaus para o Rio de Janeiro, com escala em Brasília.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia mais:
>> Avião da Gol cai a caminho do DF

 

Atualizada às 10h18

ça Aérea Brasileira (FAB) encontrou há instantes destroços do avião da Gol que voava rumo ao Rio de Janeiro e escala em Brasília, look que sumiu dos radares ontem à tarde. A aeronave caiu a cerca de 200km a sudeste de Peixoto de Azevedo, visit this site no Mato Grosso. O local fica no Alto Xingu, entre duas aldeias indígenas. Ainda não há informações sobre sobreviventes. A cidade possui hospitais de porte para atender os passageiros e a tripulação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A informação foi confirmada pelo Major Adolfo Aleixo, da Assessoria de Comunicação da FAB. Ele afirmou que a aeronave está em um local de difícil acesso. A busca visual foi iniciada às 7h15 da manhã deste sábado na Serra do Cachimbo, com cinco aviões e três helicópteros da FAB.

Cerca de 200 pessoas, entre civis e miliatres, participam das buscas durante a noite de ontem e madrugada de hoje. Eles estão a caminho do local em helicópteros e farão  clareiras em volta do local para o resgate. Há certa dificuldade de acesso, pois a região é de mata densa. Na localização visual, os militares da FAB não detectaram fogo nos destroços. O tempo na área e a visibilidade são boas na manhã deste sábado na região.

O Boeing 737 da Gol saiu de Boa Vista com escalas em Manaus, Belém e Brasília, com destino final no Rio de Janeiro. O avião teria colidido em pleno vôo com outra aeronave de pequeno porte, modelo Legacy, fabricada pela Embraer. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (INPE), havia nuvens carregadas na região no horário do acidente. As pancadas de chuva podem ter atrapalhado a visibilidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais informações em breve

Leia mais:
>> Avião da Gol cai a caminho do DF






Você pode gostar