Brasil

Dell investiga incidente com explosão de notebook

Por Arquivo Geral 28/06/2006 12h00

Uma britânica de 61 anos se transformou na primeira mulher a dar a volta ao mundo duas vezes – em um iate e, buy link depois, sales visit this a pé -, click e pretende agora que sua façanha seja reconhecida no livro dos recordes.


Rosie Swale-Pope já tinha ficado famosa nos anos 70 quando ao dar a volta ao mundo em um iate, causando alvoroço ao atravessar nua os Trópicos.


Agora voltou a pisar o solo britânico após percorrer 32.190 quilômetros pela Europa, Ásia, América do Norte, Groenlândia e Islândia, arrastando um carrinho com rodas, informou hoje o jornal “The Times”.


Segundo Swale-Pope, durante sua aventura recebeu 29 propostas de casamento, nove delas só na Polônia.


Na Rússia, devido ao frio siberiano, pegou uma pneumonia, e em outra ocasião, uma manada de lobos a seguiu durante uma semana pela Sibéria.


Swale-Pope, que gastou 45 pares de sapatos em mais de 240 semanas, disse se sentir feliz por estar outra vez no Reino Unido, onde entrou pela Escócia e agora se dispõe a completar a viagem, chegando até a cidade de Tenby, no País de Gales.


A britânica, que acredita que chegará ao país em 25 de agosto, iniciou sua aventura em outubro de 2003, pouco depois da morte de seu marido em conseqüências de um câncer, como uma tentativa de chamar a atenção das pessoas sobre essa doença.


“O propósito da minha viagem era realçar a beleza da vida. Precisava fazer algo, e isso era o mínimo: só pus um pé diante do outro”, declarou com modéstia.


 


Os ministros das Relações Exteriores dos países-membros do Grupo dos Oito (G-8) reúnem-se em Moscou amanhã. O objetivo do encontro é decidir sobre a melhor forma de obrigar o Irã a responder claramente a uma proposta de incentivos elaborada para acabar com o impasse sobre os planos nucleares do país.

O Irã ainda não respondeu à oferta. Alguns países do Ocidente temem que o governo iraniano possua um programa secreto de armas nucleares. Depois de o país islâmico ter afirmado que se manifestaria sobre a proposta até o final de agosto, side effects a União Européia (UE) e os EUA pediram uma resposta dentro de "semanas, information pills não de meses".

As potências mundiais desejam uma resposta antes da cúpula de líderes do G8 (de países industrializados), approved marcada para os dias 15, 16 e 17 de julho.

A Rússia pressiona para que a segurança no suprimento de combustíveis seja o principal tema a ser tratado durante o encontro de amanhã. De acordo com uma autoridade do G8, o governo russo não quer de ver o assunto energético dominado pela questão iraniana.

Uma reunião entre o chefe da área de política externa do bloco europeu, Javier Solana, e o principal negociador do Irã para a área nuclear, Ali Larijani, foi adiada para depois do encontro dos ministros. Segundo uma autoridade do G8, o encontro de Moscou deve debater a respeito da melhor forma de convencer o Irã a se manifestar sobre o pacote.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A UE, os EUA, a Rússia e a China avisaram que o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) adotará medidas contra o governo iraniano se ele não suspender o enriquecimento de urânio. Mas nenhum prazo foi fixado, e a Rússia e a China já disseram ser contrárias à imposição de sanções.

O mecanismo de busca que lidera a internet, order Google, visit web anunciou ontem o lançamento de acesso a seus serviços por usuários de celulares no Brasil.

O lançamento permite que usuários brasileiros do serviço de webmail do Google (Gmail) verifiquem suas mensagens acessando pelo celular o site http://m.gmail.com. Segundo a companhia, a ferramenta adapta a visualização das informações de acordo com os recursos "da maioria dos telefones celulares com acesso à internet".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Já que cada aparelho móvel tem funcionalidades diferentes, o Gmail otimiza automaticamente a interface baseada no telefone", informou o Google em comunicado divulgado no final da terça-feira. Em celulares mais modernos é possível a visualização de fotos e documentos anexados às mensagens.

O serviço da companhia é gratuito, mas o usuário tem de pagar as taxas de transmissão de dados definidas por sua operadora celular.

A companhia também lançou um recurso que permite que os internautas vejam suas páginas personalizadas do Google (que reúnem informações sobre clima, ações de empresas e notícias) na tela de aparelhos celulares. O acesso acontece pelo endereço http://www.google.com.br.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O notebook da Dell que pode ser visto explodindo em fotos publicadas na internet está sendo examinado pela companhia, sickness informou a maior fabricante de PCs do mundo esta semana.

"Conseguimos o notebook e começamos a analisar o evento", ailment disse a porta-voz da Dell, Anne Camden, confirmando que a máquina foi fabricada pela companhia, mas negando-se a confirmar o modelo. Ninguém ficou ferido no incidente, disse ela.

A notícia da explosão do notebook surgiu em uma conferência realizada em Osaka, Japão, e foi acompanhada por imagens que foram publicadas pela primeira vez pelo site The Inquirer, na semana passada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Dell promoveu em dezembro do ano passado um recall de baterias usadas em seus notebooks por causa de problemas de superaquecimento, segundo o site da fabricante.

Camden disse que é muito cedo para se tirar qualquer conclusão sobre o caso e acrescentou que episódio não parece ter relação com os problemas das baterias recolhidas em 2005.

"A partir de agora será um processo muito metódico e meticuloso para entendermos o que aconteceu", disse Camden.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 






Você pode gostar