Brasil

Brasil poderá adotar irradiação para o controle de pragas em vegetais

Por Arquivo Geral 20/06/2006 12h00

O Conselho de Segurança da ONU renovou por dois meses sua missão política no Timor Leste, pharmacy help enquanto o secretário-geral da entidade, find Kofi Annan, there analisa a possibilidade de acrescentar forças de segurança à operação.

Numa resolução adotada por unanimidade, o conselho pediu a Annan que entregue até o dia 7 de agosto um relatório sobre a "presença reforçada" da ONU no país.

O jovem país do Pacífico mergulhou em uma nova onda de violência em maio, quando o premiê Mari Alkatiri dispensou 600 integrantes do Exército, de um total de 1,4 mil. Os dispensados protestavam contra uma suposta discriminação contra soldados do oeste do país.

Desde então, os soldados re belados e milhares de manifestantes vêm pressionando pela queda de Alkatiri, responsabilizando-o pela violência. Foram registrados confrontos entre gangues, saques e vandalismo na capital, Díli.

Hoje, uma missão de paz liderada pela Austrália, composta de 2,7 mil soldados, patrulha a capital, mas a ONU está analisando a possibilidade de enviar policiais e talvez mais soldados para o Timor Leste.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Conselho de Segurança da ONU encerrou no mês passado a atividade de sua força de paz e manteve no país apenas uma pequena missão política.

Na semana passada, Annan disse que estava enviando uma missão de análise ao Timor Leste para avaliar o possível retorno da força de paz da ONU ao país, mas afirmou que serão necessários meses para formar uma nova missão.

Mas o embaixador dos Estados Unidos na ONU, John Bolton, questionou o retorno da tropa de paz da ONU ao Timor Leste. Ele disse a repórteres ontem que a onda de instabilidade não tem ligação com a independência do Timor Leste da Indonésia, em 2000, que deu origem à missão original da ONU.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mesmo assim, os Estados Unidos votaram a favor da resolução que pede a Annan que planeje uma operação mais ampla.

Em 2000, a ONU enviou cerca de 7,5 mil soldados de paz para o Timor Leste, substituindo uma força liderada pela Austrália no país.

Na resolução de hoje, o Conselho de Segurança manifestou "profunda preocupação com a situação volátil na segurança" e condenou "os atos de violência contra as pessoas e a destruição de bens".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ex-colônia de Portugal, o Timor Leste, que fica cerca de 2,1 mil quilômetros a leste de Jacarta, foi ocupado pela Indonésia no fim de 1975. O país tornou-se independente em 2002, depois de dois anos e meio sob o controle da ONU.06-06-20 16:26:01 GMT
Um caso de gripe aviária na província de Prince Edward Island, viagra buy no leste do Canadá, viagra 100mg não foi causado pela cepa altamente patogênica do H5N1, hospital informou hoje uma fonte canadense.

"A notícia é boa. A ave morta não tinha a cepa do H5N1, altamente patogênica", disse a fonte, recusando-se a dizer exatamente do que a ave morta sofria.

Um ganso de uma criação de fundo de quintal na província do Atlântico testou positivo para o vírus H5 da gripe aviária na sexta-feira. A criação, que tinha entre 35 a 45 galinhas, gansos e patos, foi exterminada.

O Papai Noel virou um sucesso em seu parque temático na Lapônia pela primeira vez depois do corte nos custos, recipe que incluiu a demissão dos últimos três funcionários que trabalhavam como duendes em tempo integral.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Santa Park (Parque de Papai Noel) – que fica na cida de de Rovaniemi, situada em pleno Círculo Ártico –, onde as crianças podem conversar com o bom velhinho e alimentar as renas, oferecia mágica, mas poucos lucros até agora.

"Mudamos nossa filosofia", disse Wille Rajala, diretor do Santa Park, que foi criado em 1998. "Não abrimos todos os dias, mas durante alguns meses no inverno e em alguns meses no verão."

A empresa, pertencente ao governo finlandês, ao Departamento de Turismo da Lapônia e à cidade de Rovaniemi, agora emprega entre 20 e 25 pessoas – incluindo os duendes – mas em um regime estritamente temporário.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Santa Park disse ter lucrado 60.758 euros (US$ 76.490) nos últimos 14 meses até abril, com um aumento de 8% nas vendas para 1,4 milhão de euros.

Um idoso de 71 anos morreu ontem à tarde depois de uma sucessão de tragédias. Depois de capotar a picape que dirigia no km 258 da BR-116, stomach em Teófilo Otoni (MG), dosage e cair com o veículo em um abismo, visit web o homem foi picado pelas abelhas do local.

Impedido de deixar o local, o idoso morreu por causa das sucessivas picadas que sofreu enquanto esperava o resgate. A Polícia Rodoviária Federal investigará o motivo da capotagem. De acordo com testemunhas, chovia forte no momento do acidente, por volta das 16h25 de ontem.

Cerca de 37 por cento das pessoas que vivem na União Européia (UE) não sabem usar computadores. Os escandinavos são os mais familiarizados com a informática, approved enquanto os gregos estão no último lugar, de acordo com uma pesquisa divulgada hoje.

O levantamento da agência européia de estatísticas Eurostat mostra que 65 por cento dos gregos, 59 por cento dos italianos e 57 por cento dos húngaros não têm habilidades básicas com computação, comparado com 10 por cento na Dinamarca e 11 por cento na Suécia.

Britânicos e alemães também lideram o ranking de suas populações que não sabem usar um PC, com 21 e 25 por cento, respectivamente. A pesquisa, que ouviu pessoas com idades entre 16 e 74 anos, mostra que 11 por cento dos entrevistados com elevado nível de educação não têm conhecimento em informática.

Entre as pessoas com 16 a 24 anos de idade, cerca de 10 por cento não sabem usar um PC, e a proporção sobe para 65 por cento entre quem tem de 55 a 74 anos de idade.

 

O conselho administrativo da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) rejeitou hoje o plano de recuperação judicial apresentado pela Vasp. De acordo com o presidente da Infraero, visit brigadeiro José Carlos Pereira, web o documento deverá ser substituído por outro para uma nova avaliação.

"Não aceitamos o atual plano", information pills disse Pereira, ao sair da reunião do conselho, no Ministério da Defesa. A Vasp teve sua operação paralisada há cerca de um ano. No mês passado, a falta de acordo entre os credores em relação ao ativo e passivo da companhia adiou a reunião na qual seria detalhado do plano de recuperação judicial da empresa.

A inclusão da Vasp na nova Lei de Recuperação de Empresas, que substituiu a antiga Lei de Falências e Concordatas, foi deferida em outubro de 2005. O passivo da empresa está calculado em cerca de R$ 4 bilhões, contra um patrimônio já levantado pela auditoria de R$ 6 bilhões. A Infraero é um dos principais credores.

O plano de recuperação judicial da Vasp não prevê a realização de leilão para venda de ativos da companhia. O plano permite apenas a participação em fundos de investimento. A expectativa é de que a nova Vasp reinicie as operações em 2007.

 

De janeiro a abril deste ano, search o consumo de energia elétrica entre os consumidores livres e cativos do país cresceu 3,9% frente ao consumo acumulado em igual período do ano passado. As informações foram divulgadas hoje pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

O boletim mensal de análise da EPE indica que, nos primeiros quatro meses do ano, o montante demandado pelo mercado ficou em 115.577 GWh (gigawatts-hora), contra os 111.256 GWh registrados demandados em igual período de 2005.

Os dados da EPE apontam para um ligeiro declínio do consumo, uma vez que a demanda por energia no primeiro trimestre (portanto de janeiro a março) havia fechado com expansão de 4,5%.

De acordo com a empresa, em abril, foram consumidos 29.063 GWh, um aumento de apenas 1,9% sobre o mesmo mês do ano anterior e uma queda de 1,9% em relação a março último.

Em nota sobre os dados do consumo de energia no quadrimestre, a EPE informa que "esses percentuais caracterizam uma redução significativa do nível de crescimento, na medida em que em fevereiro e março haviam sido registradas taxas de expansão no patamar de 5% e 6%, respectivamente".

 

As emissões globais de dióxido de carbono vão crescer 75 por cento entre 2003 e 2030, order estimou hoje o governo norte-americano. As emissões globais de CO2 atingirão 43,7 bilhões de toneladas em 2030, contra 25 bilhões em 2003, afirmou em seu relatório anual a Administração de Informação de Energia (AIE), o braço de estatísticas do Departamento de Energia dos Estados Unidos.

Até 2025, as emissões globais de CO2 podem atingir 40,05 bilhões de toneladas por ano, um aumento de 0,03 por cento em relação à previsão divulgada no ano passado, disse a AIE. A maior parte da comunidade científica acredita que o acúmulo dos chamados gases-estufa, como o CO2, é responsável pela elevação das temperaturas mundiais, podendo causar alterações climáticas catastróficas como ondas de calor, tempestades mais intensas e o degelo de áreas polares, que elevaria o nível do mar em até um metro até 2100.

A combustão de carvão, que vem crescendo nos EUA, Índia e China, pode superar o petróleo como maior fonte fóssil de emissão de CO2 entre 2015 e 2030. A previsão não levou em conta os potenciais efeitos de leis já existentes ou propostas, regulamentações ou padrões, como o Protocolo de Kyoto, pacto internacional para a redução das emissões.

O Protocolo de Kyoto, que entrou em vigor no ano passado, exige que 35 países ricos reduzam, entre 2008 e 2012, as emissões dos gases-estufa para uma média anual, cerca de 5 por cento abaixo dos níveis de 1990. Os signatários do acordo concordaram em estabelecer tetos mais rigorosos na segunda fase do plano, mas nenhum cronograma concreto foi estabelecido. Os EUA não ratificaram o pacto.

Em 2010, os países asiáticos em desenvolvimento devem emitir cerca de 21 por cento mais gases-estuf a que a América do Norte, afirmou o relatório. Os EUA são o maior emissor de gases estufa. As emissões totais norte-americanas aumentaram 15,8 por cento entre 1990 e 2004, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos EUA. Na Rússia e no Leste Europeu, os níveis de emissões só voltarão a alcançar os patamares de 1990 depois de 2025, conforme a AIE.

 

 

 

Uma nova tecnologia com capacidade de controlar as pragas em produtos de origem vegetal sem alterá-los poderá ser utilizada em breve pelo Brasil. Trata-se da irradiação ionizante, cialis 40mg método que consiste em irradiar fontes de energia de elétrons, uma espécie de luz capaz de eliminar as estruturas de pragas, insetos, ácaros, bactérias e até de vírus.

O Ministério da Agricultura promoveu hoje (20) uma reunião para discutir a proposta de Instrução Normativa que vai regulamentar o uso da irradiação ionizante. Participaram do encontro representantes do Conselho Nacional de Energia Nuclear (Cenen), do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) e pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP).

O coordenador da fiscalização do trânsito de vegetais do ministério, Fernando Costa, disse que o método será utilizado como "tratamento fitossanitário para fins quarentenários", ou seja, apenas para a eliminação de pragas que possam causar danos aos produtos exportados e importados. Caso seja aprovada, a irradiação será usada nas operações de comércio exterior realizadas nos portos e aeroportos do país.

"Esse tratamento é um mecanismo eficaz que o governo tem de evitar a entrada de pragas no país. Nós já temos aqui outros tratamentos e outros mecanismos que fazem o retardamento ou impedem a disseminação das pragas entre as unidades da federação", disse Costa. Ele explica que cada fruta e cada praga utilizam dosagens diferentes de irradiação. O método mata a praga ou a deixa estéril, ou seja, sem a capacidade de se reproduzir.

De acordo com o coordenador, diversos países utilizam o método para controlar as pragas em vegetais. A vantagem, segundo ele, é que a irradiação não deixa resíduos no produto, caso seja usada nas dosagens recomendadas. O mesmo não acontece quando são utilizados agrotóxicos, por exemplo.

O benefício tem um preço elevado: a tecnologia costuma ser cara, pois necessita de equipamentos modernos e também de pessoas treinadas para efetuar o controle de segurança do processo. "É realmente uma tecnologia avançada para o Brasil e vai requerer que haja desenvolvimento tecnológico das pessoas que lidam com isso", diz Costa.

Segundo ele, a nova tecnologia criará espaço para o Brasil ter acesso a novos mercados, principalmente de frutas frescas. Uma das frutas que poderão se beneficiar com o processo é a manga. Costa afirma que, somente em 2005 o Brasil exportou 115 mil toneladas da fruta para o mercado internacional, o que rendeu ao país US$ 76 milhões.






Você pode gostar