Brasil

Bancários mantém greve, mas negociam hoje com Fenaban

Por Arquivo Geral 10/10/2006 12h00

Representantes dos bancários e da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) estão reunidos desde as 10 horas de hoje, clinic buy em São Paulo, more about para uma nova rodada de negociações.

O Comando Nacional dos Bancários espera que a Fenaban apresente uma nova proposta de reajuste salarial e de benefícios para a categoria, já que a anterior foi rejeitada em todo o país. Os bancários pretendem levar o resultado do encontro de hoje para a categoria, em assembléias a serem realizadas no final desta tarde.  

Os trabalhadores pedem aumento real de 7,05%, participação nos lucros e mais R$ 1,5 mil, acrescidos do lucro líquido distribuído de forma linear entre os funcionários das instituições bancárias.

A Fenaban ofereceu reajuste de 2,85% (para repor a inflação acumulada no período), pagamento de 80% do salário e adicional de R$ 823, além de outro adicional de R$ 750 para funcionários de instituições financeiras que tiveram um aumento de 20% nos ganhos em 2005.

Enquanto não há solução para a falta de acordo, os bancários devem manter a greve durante o dia de hoje. O Sindicato dos Bancários de São Paulo. Osasco e Região informa que ontem mais de 36 mil trabalhadores paralisaram as atividades em 494 locais. O estado concentra 106 mil dos 400 mil bancários do país, distribuídos entre a capital, interior e litoral.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Também há um impasse entre os bancários e as instituições financeiras na Justiça. Na semana passada a Fenaban conseguiu uma liminar que determina que agências e áreas administrativas devem ser abertas. O sindicato paulista, por sua vez, conseguiu o direito à greve, bem como o de utilizar as agências para discutirem os resultados das negociações.

Para os clientes que precisam dos serviços bancários, a Fenaban sugere que usem os mais de 69 mil estabelecimentos alternativos, como lotéricas, farmácias, além da internet e dos serviços telefônicos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar