fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Sete pessoas são presas por caça ilegal em parque de Santa Catarina

Ministério Público Federal se manifestou e Justiça converteu prisão em liberdade provisória

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação/PNSI/ICMBio
PUBLICIDADE

Sete pessoas, com idades entre 26 e 68 anos, foram presas nesse sábado (18) com diversos materiais para caça de animais silvestres. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), os homens estavam no Parque Nacional da Serra do Itajaí, em Santa Catarina. Eles foram liberados na noite de domingo, devido a uma decisão judicial. 

Além de realizar caça ilegal no parque, o grupo também agiu contra as orientações de distanciamento social. O local é monitorado pela polícia ambiental. No caminho, as viaturas se depararam com uma caminhonete Range Rover com placas de Joinville . Ao investigarem o interior do veículo, as autoridades encontraram algumas pistolas e carabinas de pressão. Os quatro ocupantes do veículo foram encaminhados à Polícia Civil de Blumenau.

Após chegarem na área onde estavam os sete caçadores, os policiais encontraram dois rifles, uma espingarda, uma armadilha, dois rádio-comunicadores, três carcaças de animal silvestre (tatu – Dasypus novemcinctus), dezenas de munições intactas e deflagradas, além de facas, facões e lanternas. 

Na noite deste domingo (19), o Ministério Público Federal se manifestou e a Justiça converteu a prisão em liberdade provisória. No entanto, os caçadores deverão fazer uso de tornozeleiras eletrônicas e não poderão frequentar o Parque Nacional da Serra do Itajaí.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os suspeitos vão responder a processos na esfera criminal e administrativa. Eles estão sujeitos à penas que podem ultrapassar 4 anos de reclusão, além de multa. 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade