fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

‘Senhora da Morte’, chefe do tráfico que ostentava arma de ouro nas redes sociais é morta 

Em operação do Exército, a traficante foi atingida no pescoço 

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Uma chefe do tráfico de drogas no México conhecida como “Senhora da morte” foi morta na última sexta-feira (10), em uma operação do Exército, da Guarda Nacional e da polícia do estado de Michoacán, onde ela mantinha as atividades criminosas. 

María Guadalupe López Esquivel, também conhecida como ‘La Catrina’, tinha 21 anos. Ela costumava ostentar nas redes sociais, exibindo dólares e armas feitas de ouro. Em outubro do ano passado, a criminosa liderou uma emboscada que matou 13 agentes das forças de segurança.

A “Senhora da Morte” entrou para o cartel Nueva Geração (Nova Geração), em Jalisco, em 2017, após se envolver romanticamente com um dos líderes, Miguel Fernández, mais conhecido como “El M2”. 

Em operação, a traficante foi atingida no pescoço. Ela chegou a ser socorrida em um helicóptero que participava da operação, mas não resistiu ao ferimento. Maria Guadalupe morreu alguns minutos depois de entrar no helicóptero. 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade