Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

PCDF prende casal acusado de furto milionário em residência

Nesta quarta, 29, a PCDF, prendeu um casal investigado pela prática de um furto milionário em residência do Lago Sul

Por Mariana Haun 29/06/2022 10h01
Foto: Vinicius de Melo/Agência Brasília

Na manhã desta quarta-feira, 29, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 10ª DP, prendeu um casal investigado pela prática de um furto milionário em residência do Lago Sul, crime praticado mediante abuso de confiança. A ação ocorreu em cumprimento a mandado de prisão preventiva na cidade mineira de Esmeraldas.

As investigações foram iniciadas em abril deste ano e, segundo apurado, o casal realizava o furto de joias e valores da residência em que trabalhavam desde fevereiro, e, logo após serem demitidos, empreenderam fuga para o Estado de Minas Gerais.

Durante as diligências, os agentes identificaram o responsável pelas aquisições de parte dos objetos subtraída da residência e, a partir dessa descoberta, foram cumpridas ordens judiciais de busca e apreensão em um comércio de ouro, situado no Conic de Brasília e, ainda, na residência do proprietário do estabelecimento.

“Tal comerciante também é investigado pela prática de receptação qualificada, pois adquiriu, no exercício de atividade comercial, produto de crime. A lei prevê para o crime de receptação qualificada uma pena de reclusão, de três a oito anos e multa”, comenta o delegado da 10ª DP, Tiago Carvalho.

O casal preso responderá pela prática de furto qualificado pelo abuso de confiança com pena de reclusão de dois a oito anos e multa.

A Polícia Civil do Distrito Federal alerta à comunidade para evitar o comércio irregular, como o de joias e artigos valiosos sem procedência, pois ocorrerá responsabilização penal e, assim, recomenda cautela na aquisição desses objetos de valor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar