fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Influenciadora chinesa morre após ser queimada ao vivo pelo ex

De acordo com a polícia local, a vítima sofria violência doméstica e havia entrado com um pedido de separação

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução/TikTok
PUBLICIDADE

Uma influenciadora digital chinesa veio a óbito após ter 90% do corpo queimado. No dia 14 de setembro, ela foi atacada pelo ex-marido, enquanto realizava uma live na versão chinesa do TikTok. O agressor invadiu a residência de Lamu, jogou gasolina na ex-mulher e ateou fogo. A vítima tinha 30 anos.

O crime ocorreu na região de Aba, na província de Sichuan, no Sudoeste da China. De acordo com a polícia local, a vítima sofria violência doméstica e havia entrado com um pedido de separação.  O casal tem dois filhos pequenos.

Irresignado com o processo de separação, o homem teria invadido a residência de Lamu e ateado fogo nela. A influenciadora foi levada ao hospital mas não resistiu aos ferimentos.

O perfil de Lamu contava com 782 mil seguidores no TikTok. No mesmo dia do ataque, ela havia postado um vídeo em que aparece cantando uma música tradicional tibetana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade