Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homem é preso suspeito de estuprar menina de 9 anos 

O suspeito é marido da avó da vítima

Publicado

em

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Nesta quarta-feira (11) um homem de 45 anos foi preso na Zona Leste de Manaus, suspeito de estuprar uma criança de nove anos. De acordo com a Polícia Civil, ele é marido da avó da vítima. O crime foi descoberto depois que a menina chorou na escola e não queria retornar para casa.

Para praticar o crime, ele esperava uma oportunidade da criança ficar sozinha. Nesta terça-feira (10), a mãe da vítima levou um outro filho para o hospital e a menina ficou com o suspeito em casa. Segundo a delegada, neste momento que o homem voltou a violentar a menina.

“A denúncia veio de dentro da escola. Nos informaram que esta criança estava chorando muito, se recusando a voltar para sua casa, considerando que, novamente, ela tinha sido vítima de estupro na noite anterior”, contou

Após o recebimento da denúncia, uma equipe da DEPCA foi até a escola e conversou com a menina.

“A criança repetiu o relato, manifestou muita alegria e alívio ao ver a polícia ali. Com isso, realizamos diligências, procuramos a mãe e a avó e, em seguida, fomos em busca do autor. Os fatos foram confirmados e o autor confessou a prática, que também foi constatada em perícia médica”, completou.

A titular da Delegacia Especializada Em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), delegada Joyce Coelho, explicou que os abusos sexuais ocorrem desde o primeiro semestre de 2018, quando a vítima tinha oito anos. Na residência, morava o suspeito, a avó da menina, a mãe e um irmão ainda bebê.

Ainda conforme a titular, a mãe da vítima não sabia dos abusos pois a criança era ameaçada pelo suspeito. “Ela era induzida a guardar segredo. Coisa que todo abusador, pedófilo acaba colocando na cabeça de uma criança”, contou.

A criança ficará com a mãe e receberá atendimentos psicológicos na delegacia.

Joyce Coelho afirmou que a criança já havia relatado dentro da escola que vinha sendo abusada. “As próprias pessoas pela escola não trouxeram essa informação para a delegacia. Quer dizer que, o abuso repetiu-se por conta da omissão de algumas pessoas. Vamos apurar a omissão”, disse.

O suspeito foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável.


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *