fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Ex-prefeito preso por desvio de R$ 9 milhões segue sem ser julgado no Ceará

A CNJ foi acionada para identificar as razões da morosidade do caso que já dura nove anos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Após ser preso por irregularidades e desvios de recursos públicos, o ex-prefeito de Pacajus, Ceará, Pedro José Philomeno Gomes Figueiredo, permanece sem ser julgado nove anos depois de ser detido.

Em 2011, o ex-prefeito foi investigado e preso após a constatação de um desvio de R$ 9 milhões nos fundos de educação e saúde.

Na época, o procedimento havia sido instaurado pelo promotor de Justiça Ythalo Frota Loureiro. Entretanto, o processo foi paralisado, com sua última movimentação datada no dia 2 de maio de 2018. A CNJ foi acionada para identificar as razões da morosidade do caso.

O ex-prefeito é pai do atual líder municipal, Bruno Figueredo, candidato à reeleição.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade