fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Em operação da PF, pedófilo que divulgava estupros na deep web é preso

PF relatou que suspeito teria estuprado as crianças, que residem em São Paulo

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação/PF
PUBLICIDADE

Com o auxílio de informações fornecidas pela Interpol francesa, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Toca da Onça, com o intuito de investiga crimes de pedofilia na internet e estupro de menores de idade. Durante a ação desta terça-feira (4), um suspeito, de 40 anos, foi preso por estuprar e divulgar imagens de crianças.

Através das investigações, os policiais identificaram fóruns da deep web utilizados para o compartilhamento de cenas de estupro de duas crianças. As vítimas residem em São Paulo.

Após identificar o acusado, a PF relatou que ele teria estuprado as crianças, gravado e divulgado as imagens na internet. Além disso, os agentes descobriram que o suspeito é casado, mas não tem filhos.

Ainda de acordo com as investigações, os crimes ocorreram no início deste ano. As vítimas possuem 3 e 5 anos e são filhas de uma parente do suspeito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A PF informou ainda que o suspeito teria se aproveitado da convivência com as crianças para cometer os crimes de estupro. O fórum onde ele publicava o material ilegal é frequentado por pedófilos. A polícia tenta descobrir se o material era comercializado ou trocado por outros com o mesmo teor.

Ainda não há indícios da participação da esposa do acusado ou da mãe das vítimas nos crimes. A publicação de imagens de pornografia infantil é crime, com pena de 3 a 6 anos de reclusão. já o crime de estupro de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de detenção.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade