fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Após 29 anos, ex-namorados se reencontram e retomam relacionamento

Rosemeire relata que, em seu aniversário de 15 anos, Peterson foi o parceiro de dança dela, algo que ficou registrado em uma foto

Avatar

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal
PUBLICIDADE

Na década de 80, o casal havia acabado de completar 15 anos, quando iniciaram o namoro. Os adolescentes se conheceram no período em que atuavam como jovens escoteiros. Os costumes da época eram muito diferentes e os passeios românticos incluíam: dar as mãos, ir à matinê e comemorar o novo distintivo com um beijinho. Dois anos após o início do namoro juvenil, Peterson da Rosa e Rosemeire Cheverria tiveram que seguir rumos diferentes. Atualmente, aos 46 anos, o militar e a professora possuem filhos e uma longa experiência com outros relacionamentos. Após tanto tempo separados, o reencontro reacendeu a paixão entre eles.

Foto: Arquivo pessoal

Rosemeire relata que, em seu aniversário de 15 anos, Peterson foi o parceiro de dança dela, algo que ficou registrado em uma foto. Ela explica que o casal acabou se separando nos anos seguintes: ele seguiu rumo à Base Aérea e ela foi para a faculdade. Rosemeire teve um relacionamento de 21 anos, o qual deu origem ao filho dela. Após a separação, ela conta que procurou alguma atividade para passar o tempo. Foi assim que a professora retornou ao escoteirismo, na época em que o grupo estava ameaçando ser fechado por falta de voluntários.

No mesmo período, Peterson retomou ao movimento com a ex-mulher e os três filhos, com 11 e 12 anos. Três anos depois, o militar terminou o casamento, o que possibilitou a reaproximação do casal. Os filhos de ambos se tornaram amigos e se referem ao casal como “chefes”, nome dado aos instrutores no movimento escoteiro e repetido por eles até hoje.

“Eu lembro que o primeiro presente que dei a ele foi um chaveiro, de flor de lis, escrita a frase: o escotismo nos uniu. É legal agora que a maturidade está nos dando a oportunidade de fazer tudo com calma, estamos planejando algo bem estruturado para o futuro, a médio prazo. Agora, somos namorados”, contou Rosemeire em entrevista ao Portal G1.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Peterson demonstra estar feliz em ter reencontrado a antiga namorada. Ele conta que o movimento escoteiro uniu o casal novamente. “Lembro que foi nela o meu primeiro beijo, mas, não era algo abusado como hoje. Depois nos separamos, tivemos outros relacionamentos e nos reencontramos nesta fase adulta. Engraçado que, até as idades dos nossos filhos bateram. A amizade fluiu e veio o namoro atual, desde 2017. Vi que ela é minha eterna namorada e vamos comemorar o nosso dia”, relatou ao Portal G1.

Foto: Arquivo pessoal




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade