fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Sessão para confirmar vitória de Biden tem ameaça de bomba

A reunião é apenas um passo formal para a certificação do nome do vencedor, apesar de deputados e senadores poderem fazer objeções

Avatar

Publicado

em

Biden
PUBLICIDADE

As autoridades de segurança do Congresso dos Estados Unidos esvaziaram uma das alas do prédio principal, onde acontece a certificação da vitória eleitoral do democrata Joe Biden, após receber uma ameaça de bomba, informou a emissora GloboNews. A sessão, no entanto, continua em andamento.

O Congresso dos Estados Unidos se reúne nesta quarta-feira (6) para a realizar a contagem e certificação dos votos do Colégio Eleitoral nas eleições do último dia 3 de novembro, as quais deram a vitória ao democrata Joe Biden.

A reunião é apenas um passo formal para a certificação do nome do vencedor, apesar de deputados e senadores poderem fazer objeções. Ela marca o fim oficial do processo eleitoral e nunca na história do país houve algum bloqueio do nome escolhido pelo Colégio Eleitoral – ainda mais quando o vencedor teve uma vitória tão exponencial de 306 a 232.

No entanto, neste ano, a situação é diferente porque Trump não admite a derrota e alega, sem apresentar provas, que a eleição foi roubada. O republicano, inclusive, está pressionando seu vice, Mike Pence, a não certificar a vitória de Biden.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pressão é pública e está aumentando tanto nos comícios que Trump fez na Geórgia como através de sua conta no Twitter.

Apesar disso, Pence insistiu que a “presidência pertence aos americanos” e que ele “não tem poder” para impedir uma certificação presidencial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade