fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Remédio produzido no Japão tem bom resultado em teste contra coronavírus

Aproximadamente 80 pacientes da cidade de Shenzhen apresentaram melhora nos sintomas respiratórios quando usaram o remédio

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Produzido no Japão, o remédio favipiravir alcançou um resultado eficaz nos primeiros testes feitos em pacientes na China com suspeita de covid-19, de acordo com as informações da Folha de S. Paulo. 

Sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o medicamento não pode ser comercializado no Brasil. De acordo com o funcionário do Ministério da Ciência e Tecnologia, Zhang Xinmin, aproximadamente 80 pacientes da cidade de Shenzhen apresentaram melhora nos sintomas respiratórios quando usaram o remédio. 

O jornal japonês Nikkei Asian Review contou que as melhoras são percebidas depois de quatro dias. Os pacientes que não tomaram o medicamento demoram, em média, 11 dias param sentir uma evolução. De acordo com estudos e informações disponibilizadas, o favipiravir empata a cópia do RNA (molécula que serve de material genético para os vírus). Com isso, consegue atrapalhar a reprodução do novo coronavírus.

 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade