fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

PIB de Portugal tem a 4ª maior queda da zona Euro

O desempenho é o pior da série histórica no país, de acordo com o INE (Instituto Nacional de Estatística)

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Giuliana Miranda
Lisboa, Portugal

Os efeitos do confinamento provocado pela pandemia do novo coronavírus na economia portuguesa foram conhecidos na manhã desta sexta (31) e mostram que o país foi um dos mais afetados da União Europeia: uma queda de 16,5% no segundo trimestre de 2020, em relação ao mesmo período do ano anterior.

O desempenho é o pior da série histórica no país, de acordo com o INE (Instituto Nacional de Estatística).

Segundo dados do Eurostat (órgão que compila estatísticas na UE), o resultado é a quarta maior queda na zona Euro, entre os países que já divulgaram as estatísticas para o período.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Piores que Portugal, só mesmo os países mais duramente afetados pela pandemia no bloco: Espanha, França e Itália. Países esses que são também grandes parceiros comerciais dos lusitanos.

Até agora, a Espanha teve o pior resultado, com um recuo de 22,1% em termos homólogos no segundo trimestre.

O desempenho português foi pior do que o da média da zona do Euro, que, segundo estimativa da Eurostat publicada nesta sexta, viu seu PIB encolher 15% no segundo trimestre deste ano.

Fortemente dependente do setor de turismo e de serviços, que segue bastante fragilizado devido às restrições de viagens e aglomerações motivadas pela Covid-19, a economia portuguesa pode continuar comprometida de maneira severa pelos próximos meses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhaPress


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade