fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Não encontramos fraudes que tenham alterado a eleição, diz secretário de Justiça dos EUA

Segundo ele, até o momento as investigações encontraram possíveis irregularidades em alguns poucos casos, o que não seria suficiente para alterar o resultado do pleito e dar a vitória a Trump

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

São Paulo, SP

O secretário de Justiça dos Estados Unidos, William Barr, disse nesta terça-feira (1º) que a investigação conduzida por seu departamento sobre a eleição presidencial do mês passado não encontrou fraudes em quantidade suficiente para alterar o resultado do pleito.

Barr é um dos mais ardentes apoiadores de Donald Trump no governo e a maior autoridade da gestão a declarar publicamente que a vitória de Joe Biden na votação do dia 3 de novembro não ocorreu em decorrência de supostas irregularidades.

“Até agora, não encontramos fraudes em uma escala que pudesse ter levado a um resultado diferente na eleição”, afirmou o secretário em entrevista para a agência de notícias Associated Press.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Trump até o momento não reconheceu a vitória de Biden nas urnas e já declarou diversas vezes que houve fraude no pleito. A campanha do republicano, inclusive, já entrou com uma série de ações na Justiça para tentar alterar o resultado, mas até agora não obteve sucesso.

Na entrevista, Barr afirmou que agentes do FBI (a polícia federal americana) e procuradores federais estão analisando as denúncias de irregularidades que foram apresentadas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo ele, até o momento as investigações encontraram possíveis irregularidades em alguns poucos casos, o que não seria suficiente para alterar o resultado do pleito e dar a vitória a Trump.

O secretário não detalhou exatamente o que já foi encontrado e nem mesmo disse se estes casos sob suspeita beneficiam o republicano ou o democrata.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A maioria das denúncias de fraude é muito particular de um conjunto de circunstâncias, de atores ou de conduta. Não são alegações sistêmicas. E estas foram descartadas, elas estão sendo descartadas”, afirmou ele.

“Algumas [das denúncias] foram analisadas e potencialmente podem alterar alguns poucos milhares de votos. Elas estão sendo acompanhadas”, completou ele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>

As informações são da Folhapress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade