Siga o Jornal de Brasília

Luciana Barbo

#LuBarboIndica: Café e um Chêro, comida cheia de carinho

No último episódio do ano, a gente visita o Café e um Chêro, esse  lugarzinho que conquistou o público com comida verdadeira e cheia de carinho

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

No último episódio do ano, a gente visita o Café e um Chêro, esse  lugarzinho que já conta com duas unidades em Brasília e que conquistou o público com uma comida verdadeira e cheia de carinho e de história.

À frente do negócio estão o João Gabriel e sua mãe, a cozinheira de mão cheia Alba Lúcia. São dela, e de alguns membros de sua família, as receitas que permeiam o menu, colecionadas durante toda uma vida. De minha parte, o que me faz amar o lugar são as semelhanças de alguns itens como os pratos que minha avó materna fazia.

O bolo de mandioca e o de cenoura, a tapioca, o cuscuz e o cafezinho coado me fazem lembrar de um tempo que não vai voltar, mas que guardo com muita saudade. Porque comida, para muita gente, é só algo para alimentar o corpo. Mas, para mim, tem muito significado, ainda mais quando me remete a uma lembrança boa. 

 

O menu da casa traz comida afetiva e já passou por algumas modificações desde a inauguração da primeira unidade, na 109 Norte.  O pão com carne é um ícone e agora tem a companhia de um concorrente de peso: o pão com frango empanado e creme de milho, receita antiga da família. Pense num sanduíche bom!

Outras novidades são as vitaminas. A de açaí com banana é bem cremosa e docinha. A banana taménm vai com mix de cereais e leite em outra receita. E ainda tem a de morango com leite ninho. Para beber, tem ainda o leite queimado, aquele mesmo que a gente tá acostumado a ver em self-services da cidade, só que em versão maior. Uma delícia para acompanhar toda essa comida afetiva. 

Serviço:

Café e um Chêro
109 Norte, bloco C
107 Sul, bloco C 

 

 

 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade