Siga o Jornal de Brasília

Futebol

Em pleno Serra Dourada, Atlético-GO recebe América-RN em busca de virada

Publicado

em

Publicidade

Após um início irregular na Série B, cabe ao Atlético-GO se reorganizar a tempo de encarar o América-RN nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, no Serra Dourada. Vale lembrar que o time potiguar tem vantagem graças à vitória por 4 a 2 na ida, na Arena das Dunas.

Derrotado pelo Ceará no último sábado, por 2 a 0, o Dragão já retomou os trabalhos em Goiânia. Para a felicidade do torcedor atleticano, o técnico Marcelo Martelotte terá um reforço: a volta do ala Murilo, que não entra em campo deste o fim da participação da equipe no estadual, ainda na primeira fase do torneio.

Deste modo, Éder deve ir para o banco de reservas. Já a dupla de zaga deve ser formada por Sergio Manoel e Thiago Primão. Por outro lado, Martelotte não terá à disposição o jovem Ayrton, expulso na partida de ida, e Aílton e Arthur, que já defenderam outros times na competição. Além das mudanças exigidas para o confronto, o técnico pondera outras alterações.

“Nesse treinamento, a gente deixou de fora o pessoal que jogou no sábado. Nós vamos ter que usar uma equipe mais ofensiva, porque precisamos do resultado. As três mudanças confirmadas têm seus motivos, mas outras ainda podem ocorrer”, declarou o treinador do Atlético-GO, que vê nesse duelo a oportunidade de uma reação.

Publicidade

“No último jogo contra o América-RN, tivemos um tempo muito bom, mas eles foram melhores no outro. A oscilação é normal, é difícil ver uma equipe que se destaque sempre. Precisamos ter mais equilíbrio, esse jogo de amanhã é uma ótima oportunidade para começarmos uma ascensão” concluiu Martelotte. O Dragão já saiu em desvantagem na Copa do Brasil sete vezes, conseguindo reverter a situação em apenas três – em 2007, 2010 e 2011.

Do outro lado, o América-RN também ganhou um reforço para o duelo: o lateral esquerdo Rafael Estevam, que já teve o seu registro regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e viajou para Goiânia com o restante do grupo.

Nos bastidores, o clube ainda lida com a repercussão da discussão entre o técnico Roberto Fernandes e o árbitro Ranilton Oliveira de Sousa, que apitou o empate em 1 a 1 com o Águia de Marabá no último domingo, pela Série C do Brasileiro. Na ocasião, o treinador classificou a atuação da arbitragem como vergonhosa.

“Uma vergonha. Um árbitro totalmente desqualificado e, na minha opinião, muito mal intencionado. Principalmente pela frieza que demonstrou. Não repreendo nem um pouco o Maguinho e o Pardal”, criticou Fernandes, referindo-se aos dois atletas do Mecão expulsos pelo árbitro.

Na súmula, Ranilton relatou as ofensas. “É por isso que a arbitragem do Maranhão está na situação que está, você é tendencioso, árbitro caseiro, safado”, diz o documento. Até o momento, Roberto Fernandes ainda não teve o nome citado pelos tribunais desportivos. Se avançar na Copa do Brasil, enfrentará o Vasco ou o Cuiabá.

FICHA TÉCNICA 

ATLÉTICO-GO X AMÉRICA-RN

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 20 de maio de 2015, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Fabio Faustino dos Santos (ES)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Murilo, Sergio Manoel, Thiago Primão e Sidcley; Pedro Bambu, Recife, Zezinho e Juninho; Luisinho e Rafinha

Técnico: Marcelo Martelotte

AMÉRICA-RN: Busatto; Maguinho, Flávio Boaventura, Cléber e Álvaro (Rafael Estevam); Judson, Zé Antônio Paulista, Cascata e Thiago Potiguar; Adriano Pardal e Max

Técnico: Roberto Fernandes


Você pode gostar
Publicidade