Menu
Kátia Flávia
Kátia Flávia

Três torcedores do Valencia foram condenados à prisão por racismo contra Vini Jr, numa sentença inédita na Espanha

Essa é uma vitória importante na luta contra o preconceito no futebol e deve servir de exemplo

Kátia Flávia

10/06/2024 11h30

Essa é uma vitória importante na luta contra o preconceito no futebol e deve servir de exemplo

Que notícia maravilhosa! Sou uma pessoa que levanta a bandeira contra o racismo e sou a favor da repressão a todo e qualquer ato racista em qualquer ambiente que seja. Três torcedores do Valência foram condenados à prisão nesta segunda (10). Tudo aconteceu após os jogadores proferirem insultos racistas contra Vinicius Junior, do Real Madrid, no ano passado, em Mestalla.

O trio foi sentenciado a oito meses de reclusão e terá de ficar dois anos sem entrar em estádios de futebol, além de arcar com as custas do processo.

Vini Jr denunciou ter sido alvo de insultos racistas durante partida do Real Madrid contra o Valencia em 21 de maio do ano passado. O jogo chegou a ser interrompido. Após uma denúncia de La Liga, a liga espanhola de futebol, os torcedores foram identificados com a ajuda das imagens de câmeras de segurança do estádio.

“Esta sentença é uma ótima notícia para a luta contra o racismo na Espanha, pois repara os danos sofridos por Vinicius Jr. e envia uma mensagem clara para aquelas pessoas que vão a um estádio de futebol para insultar que a Liga irá detectar, denunciar, e haverá consequências penais para eles”, afirmou o presidente de La Liga, Javier Tebas, em declarações reproduzidas pelo Marca.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado