Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Kátia Flávia

Sem Naldo não existiria Anitta: “Eu fiz o funk virar uma indústria”

Cantor declarou no ‘BarbaCast’ que a transformação do funk ficou por sua conta

Por Kátia Flávia 05/08/2022 11h45
Cantor declarou no ‘BarbaCast’ que a transformação do funk ficou por sua conta

Minha gente, deu o que falar a declaração de Naldo Benny dizendo que a transformação do funk para o mundo pop faz parte de sua carreira. Em entrevista para o ‘Barba Cast’, o cantor ainda comentou que sem ele, não existiria Anitta. Oi?

“Sem Naldo não existiria Anitta, se não existisse o Naldo não existiria a Anitta. Eu fui o cara que virou o funk para o funk pop, quando eu gravei meu primeiro dvd, em 2011, que não existia nenhum dessa hoje, ali eu mostro para a indústria que existia um funk pop, industrializado, eu fiz o funk virar uma indústria”, dispara Naldo

Naldo ainda conta que as cantoras que existem hoje, citando Ludmilla e Anitta, são decorrentes do que ele fez em 2008, com seus hits. Menos, né? Pode abaixar a bola que não é tudo isso não, nem aqui, nem na China.








Você pode gostar