Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Kátia Flávia

Marcelo puxa língua de Alcides e descobre crimes de Tenório

No meio de muita cachaça a língua do peão vai ficar solta na conversa com filho de Tenório

Por Kátia Flávia 01/07/2022 11h00
No meio de muita cachaça a língua do peão vai ficar solta na conversa com filho de Tenório

Segura a emoção que cada vez mais Tenório, Murilo Benício, vai caindo do pedestal com seus crimes vindo à tona aos pouquinhos na trama de Pantanal. Marcelo, Lucas Leto, vai embebedar Alcides, Juliano Cazarré, para descobrir mais sobre o seu pai, principalmente os segredos mais absurdos que envolvem o fazendeiro “misterioro”.

O plano vai ser muito bem calculado por Marcelo, que inicia se aproximando do grileiro, que é braço direito de seu pai. Alcides estará de boa quando o filho do chefe aparecer com uma garrafa de conhaque do pai, pronto para beber e arrancar do peão poucas e boas.

Mesmo desconfiado da proposta do rapaz, Alcides vai aceitar beber com ele, e o rapaz logo inicia perguntando de Juma Marruá, Alanis Guillen, e o peão conta que eles foram assassinados.

Alcides vai perceber que o rapazinho está muito interessado no assunto e vai questionar. Logo, Marcelo vai dizer que quer saber mais da relação de Gil, Enrique Diaz, com o pai.

O peão contará a história e ainda vai falar sobre Muda, Bella Campos e o seu pai. Pensa que acabou? Não senhora! Alcides ainda vai dizer que o Velho do Rio, Osmar Prado, se transforma em sucuri.

Marcelo ainda deixará claro o seu desejo de conhecer Juma e brinca sobre o poder da mulher de virar onça. Alcides diz que quem foi não voltou para contar história alguma. Estou ansiosa para ver o diálogo desses dois, não perco um capítulo sequer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar