Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Kátia Flávia

”Escrevi em desabafo em momento de estresse e cansaço”, alega médica exposta na TV

Mariana de Lima Alves usava o Twitter para ofender os pacientes que procuravam o pronto atendimento

Por Kátia Flávia 26/05/2022 12h30
Mariana de Lima Alves usava o Twitter para ofender os pacientes que procuravam o pronto atendimento

Quem é vivo sempre aparece, não é mesmo? Ontem a médica que usava o Twitter para ofender os pacientes que procuravam ajuda médica no pronto atendimento surgiu na rede para pedir desculpas pelos comentários.

“Venho aqui me desculpar pelas mensagens sobre os meus plantões realizados no pronto socorro médico. Escrevi em desabafo em momento de estresse e cansaço. Peço desculpas, principalmente porque amo minha profissão e meu contato diário com os pacientes. Atendo a todos que comparecem no pronto socorro com o máximo cuidado, dedicação e respeito, sempre buscando o melhor tratamento para os sintomas apresentados.”, escreveu a jovem.

Mariana diz que reconhece ter errado, principalmente pela forma que escreveu as mensagens que ofendiam as pessoas que precisavam de ajuda e diz que a indignação foi pensando no bem geral dos pacientes. “Entendo que todos mereçam ótimo tratamento e foi assim que sempre agi, porém sempre me preocupei que pessoas com sintomas que deveriam ser tratados em UBS e serviços ambulatoriais pudessem causar filas que gerassem risco ao atendimento de pessoas em situações de urgência/emergência”, disse a médica.

Lima ainda escreveu que sua preocupação sempre foi com as gestantes que procuravam o pronto socorro ao invés de uma unidade especializada. “Enfim, minha preocupação sempre foi o melhor atendimento de todos, e reconheço que errei ao me manifestar da forma como fiz. Garanto que minhas manifestações, por outro lado, nada influenciaram na forma como eu atendi meus pacientes, o que fiz sempre com cuidado e cumprindo minha vocação para a medicina. Isso pode ser testemunhado também por meus colegas de trabalho, a quem agradeço pelo apoio”, finalizou.

Minha gente, tá virando a vida depois do tombo isso aqui, igual Karol Conká, eu hein? Tô fora!








Você pode gostar