Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Kátia Flávia

Fanatismo religioso é o principal motivo do término do casamento de Karina Bacchi

Apresentadora estava mais dedicada à igreja que a sua relação com Amaury

Por Kátia Flávia 19/05/2022 4h30
Apresentadora estava mais dedicada à igreja que a sua relação com Amaury

Eita, mais um casal chega ao fim! Depois que Wanessa Camargo puxou a fila, mais um casal se separou, Karina Bacchi e Amaury Nunes. O motivo da separação? Calma que eu te conto, mas já te digo, tem questão religiosa envolvida na história.

De acordo com as colunas de fofoca o fanatismo da loira pela igreja seria o principal motivo para que a separação dos dois tenha sido concretizada. Fofoqueiros indicam que Karina estava mais dedicada à igreja do que a própria relação com o marido e a família.

Vale lembrar que Amaury chegou a se batizar na igreja, mas chegou um momento em que o templo começou a separar os dois. Além disso, enquanto Amaury preferia seguir na batista, Karina decidiu ir para a congregação evangélica.

Não menos importante é válido ressaltar que a loura deixou de frequentar muitos lugares e perdeu amizades depois que se tornou uma figura assídua dentro da igreja. Karina já não ia em lugares que acreditava que pudessem estar pessoas “sem Deus”.

E não para por aí, dentre suas atividades diárias estava ler a Bíblia diariamente por volta de oito a dez horas por dia e se envolver em conversas que apenas envolviam a fé. Oi? Isso mesmo, minha gente. Com apenas 4 anos de casados e um filho na rodada, Enrico Bacchi, o casal deixou de ser um casal.








Você pode gostar