Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Kátia Flávia

Goleiro Bruno vira coach esportivo

Por Kátia Flávia 03/12/2023 6h00
Com a ajuda dos amigos, Bruno está divulgando sua nova profissão de coach esportivo por meio das redes sociais.

Genteeeeee, que babado foi esse que acabou de chegar no meu Whatsapp? Parece que o goleiro Bruno Fernandes, aquele que foi condenado a 22 anos de prisão pelo assassinato da modelo Eliza Samudio em 2010, está exercendo uma nova atividade: agora ele é coach esportivo, responsável por trabalhar a mente de profissionais de alto rendimento e equipes, com ênfase na disciplina. Ele chegou a fazer um curso intensivo online para adquirir a certificação e a habilidade, Bruno segue em  regime semiaberto desde 2019, Bruno ainda se mantém no futebol, atuando como goleiro amador em eventos por cidades do Estado do Rio.

Em junho de 2010, quando jogava pelo Flamengo e tinha seu nome cotado para a Seleção brasileira, Bruno foi declarado suspeito pela Polícia Civil de Minas Gerais pelo desaparecimento de Eliza, com quem teve um filho. Em março de 2013, sua condenação foi anunciada pela Justiça de Minas por homicídio triplamente qualificado, cárcere privado, sequestro e ocultação de cadáver.

 






Você pode gostar