Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Kátia Flávia

”Nenhum médico me curou, foi a Márcia Sensitiva que me curou”, revelou Claudete Troiano

Jornalista disse em entrevista para a webrádio ‘Insuperável’ que sofria com 18 olhos de peixe na sola do pé e que nenhum médico conseguiu curar suas dores

Por Kátia Flávia 18/05/2022 2h30
Jornalista disse em entrevista para a webrádio ‘Insuperável’ que sofria com 18 olhos de peixe na sola do pé e que nenhum médico conseguiu curar suas dores

Minha gente, só quem viveu sabe a dor que é ter um olho de peixe no pé. A jornalista Claudete Troiano que nos diga, porque em entrevista para a webrádio ‘Insuperável’ ela contou que sofreu muito com os eventos e os saltos altos que tinha que usar com 18 olhos de peixe no pé. Não é mole não! Ainda mais quando se descobre que os calos são provenientes de macumba.

A jornalista contou que os 18 olhos de peixe que tinha nos pés causava muita dor e ela já foi em diversos médicos para tentar retirá-los, mas eles sempre voltavam, iniciando em 1 e depois vindo os outros 17. Claudete contou que uma vez, o médico chegou a retirar até o osso, mas depois de um ano tudo estava do mesmo jeito, todas as verrugas voltaram.

A apresentadora não deixa de contar que Márcia Sensitiva que a curou dos olhos de peixe, revelando que eles voltavam, porque era uma macumba que fizeram para ela.

“Um dia Márcia estava aqui em casa e perguntou se alguém tinha problema de joelho, falei que tinha olho de peixe no pé, fui nos melhores médicos e nada resolvia. Ela disse que era um trabalho que tinha feito para mim em uma pedreira quando eu tinha 18 anos. Ela disse: “Vou te levar um chá na TV, com ervas, você vai amornar beber uma xícara e jogar o pé”. No quarto dia sumiu tudo”, disse a apresentadora.

Claudete ainda lembra do sofrimento que os calos a fizeram passar. “Era alguma coisa que fizeram. Só Deus sabe o que sofri por esse problema no pé, tendo que usar salto, ficar em pé, festas de 4/5 horas. Nenhum médico me curou, foi a Márcia Fernandes que me curou”, revelou.

Meu pai amado, ainda bem que existem os sensitivos para nos livrar de todo mal. Afe! A inveja mata, meu povo. Socorro, Marcinha corre aqui que tenho reclamações a fazer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar