Entretenimento

Justin Bieber anuncia novo álbum ‘Justice’, que irá ‘levar conforto’ ao público

“Sofrimento, injustiça e dor podem deixar as pessoas se sentindo abandonadas”, escreveu o cantor em uma publicação em seu instagram

Foto: Reprodução / Instagram

São Paulo, SP

O cantor canadensee Justin Bieber, 26, anunciou nesta sexta-feira (26) que irá lançar um novo álbum, chamado “Justice”. O disco deve chegar às plataformas de streaming dia 19 de março. “Em um período que há tantas coisas erradas em um planeta quebrado, nós todos buscamos por cura e justiça para a humanidade”, escreveu.

“Meu objetivo com esse álbum é criar músicas que levem conforto e que as pessoas possam se identificar e se conectar para se sentirem menos sozinhas”, continuou, “Sofrimento, injustiça e dor podem deixar as pessoas se sentindo abandonadas. A música é um ótimo jeito de lembrar que não estamos sozinhos. Música pode ser um caminho para se conectar com outras pessoas.”

“Eu sei que não posso resolver a injustiça fazendo música, mas eu sei que se todos fizermos nossa parte, usando nossos talentos para o planeta e a sociedade, podemos ficar mais próximos da união. Esse sou eu fazendo uma pequena parte, minha parte. Quero continuar essa conversa sobre como a justiça se parece para que possamos nos curar”, concluiu na publicação em seu Instagram.

O último álbum do cantor havia sido “Changes”, lançado no ano passado, uma aposta do artista no Rhythm and Blues. Justin recebeu três indicações ao Grammy: melhor álbum pop vocal, melhor performance pop solo, por “Yummy”, e melhor performance pop de dupla ou grupo, por “Intentions”. O cantor chegou a reclamar com a Academia da Gravação, uma vez que “Changes” não é um álbum de pop.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mesmo que muitos pensem que seu último álbum não conquistou muito sucesso, Justin conseguiu o certificado de platina nos Estados Unidos por ele. Além disso, os dois singles conquistaram grandes marcas, como o clipe de “Yummy” que teve mais de meio bilhão de acessos.

As informações são da Folhapress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar