Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Gaspard Ulliel, que viveu Saint Laurent nas telas, morre em acidente de esqui

O ator francês Gaspard Ulliel, de 37 anos, morreu após um acidente de esqui. A morte foi confirmada em nota enviada por seu agente à AFP.

Por FolhaPress 19/01/2022 7h05
Foto|Reprodução

Ulliel era conhecido do grande público por filmes como “Eterno Amor “, de Jean-Pierre Jeunet, “Saint Laurent”, de Bertrand Bonello e “É Apenas o Fim do Mundo” de Xavier Dolan. O último rendeu ao ator o César de melhor ator em 2017.


Dono de uma carreira eclética, participou de projetos ao lado de grandes nomes do cinema francês, como Isabelle Huppert e Gérard Depardieu. Ele ainda foi o rosto de um perfume Chanel.


Internacionalmente, ficou conhecido por seus trabalhos em “Paris, Te Amo”, “Hannibal: A Origem do Mal” e, mais recentemente, “Cavaleiro da Lua”.


O ator passava férias com a família em Savoie, nos Alpes franceses, e colidiu na tarde de terça (18) com outro esquiador no cruzamento de duas pistas, segundo uma porta-voz do resort La Rosière.


Gravemente ferido, ele foi então transportado de helicóptero para o Hospital Universitário de Grenoble, onde morreu. O segundo esquiador não precisou ser transportado de helicóptero, segundo a porta-voz.


O anúncio do acidente foi feito na manhã desta quarta-feira (19), evocando o destino de outras celebridades que foram vítimas de acidentes de esqui.


O CHU de Grenoble já havia admitido, no final de 2013, o astro alemão da Fórmula 1 Michael Schumacher, hospitalizado por seis meses após atingir uma rocha enquanto esquiava fora da pista com seu filho em Méribel, também em Savoie.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Ele finalmente deixou o hospital em junho de 2014, em estado vegetativo, para ser instalado em uma mansão de sua família em Gland, um cantão de Vaud, na Suíça.


A morte de Gaspard Ulliel, um jovem ator com carreira eclética, suscitou uma enxurrada de reações. Entre os que se pronunciaram estão a distribuidora de cinema Gaumont, colegas de profissão e membros do governo.
“Gaspard Ulliel cresceu com o cinema e o cinema cresceu com ele. Eles se amavam perdidamente”, escreveu o primeiro-ministro francês, Jean Castex, no Twitter.


“Sua sensibilidade e a intensidade de sua atuação fizeram de Gaspard Ulliel um ator excepcional. O cinema perde hoje um talento imenso. Envio minhas condolências a seus entes queridos e meus pensamentos a todos aqueles que choram sua perda”, disse a ministra da Cultura, Roselyne Bachelot.


Pierre Niney, que também interpretou Yves Saint Laurent na tela e ganhou o César por esse papel, disse estar “de coração partido”. “Gaspard era benevolência e bondade. Beleza e talento”, escreveu, também no Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar