Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Canal 1

A reposição no campo dos apresentadores está próxima de zero

Por Arquivo Geral 21/07/2017 6h30

Flávio Ricco
[email protected]

A reposição no campo dos apresentadores está próxima de zero
Já de alguns anos a televisão, muito mais a TV aberta, deixou de revelar novos apresentadores para o jornalismo. O último, talvez único, pasmem, foi Dudu Camargo e isto muito tempo depois do Luiz Bacci, este com formação para tal, daí a recente dificuldade da Record, por exemplo, em encontrar alguém para colocar nos seus programas e telejornais.
Houve sim um certo descuido, e aí já por parte de todas, na formação de novos profissionais, mas muito mais que isto o próprio mau exemplo dado pelas próprias, as emissoras, no trato com os mais velhos.
O que pode levar um jovem, hoje inserido em um mundo de novas e maiores alternativas, se decidir por esta carreira, quando ele vê alguém na altura e capacidade de um Hermano Henning ser trocado ou dispensado sem maiores explicações?
E mais que trocado e dispensado, forte candidato ao esquecimento.
Proeza que é só da televisão do Brasil, ao contrário de outras, como nos Estados Unidos, onde a experiência vale e vale mais do que tudo. Esta é uma conta que um dia vai chegar. Se é que já não está chegando.

E sem contar
Além da reposição de peças bem inferior ao necessário ou esperado, a televisão ainda se vê frente a um desfalque dos mais importantes com a decisão do Evaristo Costa em se afastar por tempo indeterminado.
Valor que, se vier mesmo a sair, como tudo indica, irá fazer muita falta.

Última forma
Depois de certa confusão estabelecida, ficou decidido que a Record Rio continuará o seu “Cidade Alerta”, a partir da próxima terça-feira.
Foram encontradas condições para isto. Apresentação de Ernane Alves.

No entanto…
A regra não irá valer para inúmeras outras emissoras da Record espalhadas pelo país.
Por absoluta falta de condições, a maioria continuará atrelada ao programa gerado de São Paulo, hoje sob o comando de Luiz Bacci.

Está sobrando
Virou um pesadelo para os agentes de atores o fato de as emissoras de TV estarem cada vez mais voltadas para o modelo de contrato por obra.
Daria, por exemplo, para o SBT fechar uns três elencos de “Poliana”, tamanha a quantidade de telefonemas e oferecimentos desses profissionais buscando espaço para os seus artistas. É duro, mas não tem para todo mundo.

E assim vai…
Apesar de toda a torcida, está difícil esperar por uma reação ou algo um pouco melhor em se tratando da Record News.
Agora, como outro grande desfalque na sua programação, acaba de ser anunciada a saída de Fátima Turci.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Brasil é aqui
Por acaso, na semana passada, o circuito Miami-Orlando reuniu vários conhecidos da televisão do Brasil.
Por lá passaram, se encontraram e trocaram figurinhas, César Filho, Celso Portiolli, Luiz Bacci, Gugu, Larissa Manoela, Marcos Mion e Rodrigo Faro.

Show particular
O trabalho da Ingrid Guimarães em “Novo Mundo” só tem revelado o tamanho do seu talento.
Impossível imaginar a Elvira, a sua personagem, nas mãos de uma outra atriz. Uma se incorporou na outra.

Parceiras para sempre
Thalita Carauta e Fernanda de Freitas foram prestigiar a atriz Priscila Steinman no monólogo “Rita Formiga”, em cartaz no Teatro Poeirinha, no Rio.
As três atrizes estão juntas no filme “4×100”, dirigido por Tomás Portella, já na fase de ensaios.

No fim de um…
A série “Ana Paula Padrão.Doc”, em quatro episódios, na Band, está prevista para estrear no comecinho de setembro, assim que terminar a atual edição do “Masterchef”.
O seu encerramento está definido para 22 de agosto, ao vivo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mariana no ponto
Mariana Weickert gravou edição do “Desengaveta”, programa da Fernanda Paes Leme no GNT.
A segunda temporada tem estreia marcada para 7 de agosto, com todas as suas gravações concluídas.

Campanha
Leandra Leal vai comandar um dos times de jovens mobilizadores do reality “Click Esperança”, em quatro episódios, que estreia neste domingo no “Fantástico”. Como parte do especial deste ano do “Criança Esperança”, os participantes vão trabalhar na criação de uma campanha que irá ao ar na Globo.

C´est fini
Só um esclarecimento para não deixar dúvidas a respeito: desde o primeiro momento, quando foi revelada a intenção do Evaristo Costa em não renovar com a Globo, também de maneira clara foi colocado o seu desejo de parar com a televisão por, pelo menos, um ano, para se dedicar mais à família e a ele mesmo. Talvez até passar um tempo fora do Brasil.
Nunca, em momento algum, se atrelou ao fato um possível interesse da Record ou a possibilidade do Evaristo deixar a Globo e ir para lá. Isso não existe e nunca existiu. Ponto final.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar