Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Ex-BBBs faturam alto vendendo conteúdo adulto na internet; confira!

Se no passado as ex-BBBs faturavam com fotos em revistas masculinas, hoje, várias faturam alto em redes sociais próprias para adultos

Ex-BBBs faturam alto vendendo conteúdo adulto na internet; confira! As ex-BBBs Francine, Vanessa, Clara e Nati. Fotos: Reprodução/Instagram e Twitter

Uma nova edição do programa está prestes a começar e com isso, a curiosidade sobre o que andam fazendo os ex-participantes do reality só aumenta. Com o surgimento e crescimento de plataformas especializadas em conteúdo adulto algumas ex-BBBs, além do trabalho na internet como influenciadores, têm investido em produzir conteúdos sensuais para essas plataformas.

Esse é o caso de Angélica Morango, Clara Aguilar, Francine Piaia, Jaque Khury, Nati Casassola e Vanessa Mesquita, de edições diferentes e com públicos-alvo diversos têm algo em comum: quem quiser pode dar uma espiadinha em fotos e vídeos delas; mediante pagamento, claro!

Angélica Morango

Angélica Martins, mais conhecida como a ‘Morango’ do BBB 10, diz que sua relação com próprio corpo é como na música ‘Triste, Louca ou Má’: ‘sua carne não te define, você é seu próprio lar’. Aos 36 anos, ela trabalha com produção de conteúdo adulto para a plataforma OnlyFans e o Câmera Prive. Ela diz lidar bem com o trabalho e que encontrou paz ao silenciar o conservadorismo “que ouviu a vida inteira”.

No OnlyFans, Angélica conta que nunca teve propostas indecentes ou teve que bloquear alguém. “O máximo que já aconteceu foi tentarem uma aproximação de lá pras redes sociais, o que não aceito, e tentarem marcar encontros presenciais. Não aceito nenhuma dessas opções, e deixo isso bem claro. Nunca recebi ofensas ou xingamentos de baixo calão lá”, conta.

Clara Aguilar

Clara Aguilar, finalista do “BBB 14”, foi além e criou a sua própria plataforma de conteúdos adultos, a BFFLOUNGE. A ex-BBB tem lá, inclusive, um ensaio com Vanessa Mesquita, vencedora da 14ª edição e com quem teve um affair.

Segundo Clara, o ensaio com Vanessa é um dos mais acessados. “Eu gosto da liberdade de ter uma plataforma em que posso postar fotos e vídeos sem o risco de ser censurada. O número de assinantes varia bastante, já cheguei a ter entre mil e 5 mil em um mês. O valor também varia, quanto mais meses assinar, mais desconto, e vai de R$ 15 a R$ 70 por mês. O feedback do público vem sendo positivo desde o lançamento”, diz.

Francine Piaia

Após o fim do casamento, a ex-BBB, participante do BBB 9, resolveu entrar para o OnlyFans. Em entrevista para a revista Clube da Vip, a ex-BBB revelou que terminou seu casamento e resolveu começar uma nova carreira. “Decidi entrar depois de pensar muito. Como eu já tinha posado nua, não vi muito problema. Fiquei relutante com a ideia no início, nunca me considerei um símbolo sexual, mas agora estou adorando fazer”, explicou ela sobre a sua decisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo Francine, a entrada para a plataforma fez com que sua autoestima aumentasse. “É muito bom se sentir desejada. Estou me achando bonita e atraente como nunca me senti antes. Me libertei!”

Jaque Khury

Jaque Khury, conhecida por participar do BBB 8, atualmente está fazendo muito sucesso no OnlyFans. Na plataforma onde compartilhar conteúdos sensuais, a famosa contou, inclusive, que já recebeu 500 dólares por um vídeo depilando as axilas.

Segundo Jaque, que também é apresentadora do canal WA e trabalha como influenciadora digital, a decisão de criar um OnlyFans veio justamente por conta dos lucros que a plataforma oferece com a criação dos conteúdos sensuais.

“Todo mundo quer dinheiro na vida. Postava fotos sensuais no Instagram e não estava ganhando nada. Aí entrei, usei as fotos que já tinha no celular, comecei a ter assinantes e comecei a produzir meu conteúdo, que é mais caseiro. Para mim funciona mais do que as fotos produzidas. Eu mesma faço as minhas fotos, vídeos em situações como se a pessoa tivesse vivendo comigo a minha rotina”, explicou ela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nati Casassola

Nati Casassola entrou para o OnlyFans, a mais famosa plataforma de conteúdo exclusivo, pensando em fazer uma grana extra. Lá, ela posta imagens sensuais, seminuas e outras exclusivas para clientes que pedem algo específico e pagam mais por isso.

“Uma foto do meu pé pode custar até R$ 500 e nem aparece o rosto. É lucrativo e mais tranquilo que uma capa de “Playboy”, para onde eu já posei duas vezes. Estou com 200 assinantes ativos neste mês. Este número pode mudar, porque a pessoa pode não renovar a assinatura. O valor mínimo mensal é 25 dólares (cerca de R$ 140 na cotação atual)”, diz a ex-BBB

Vanessa Mesquita

Vanessa Mesquita, campeã do “BBB14”, também se rendeu à plataforma de conteúdos adultos. A veterinária cobra 7 dólares por assinatura e diz que “É totalmente possível fazer o valor do prêmio do BBB só com o OnlyFans. Meu perfil cresceu cerca de 50% nas últimas semanas. Dá para ganhar dinheiro”.

A ex-BBB divide seu tempo entre a medicina veterinária e a produção de conteúdo sensual. “Meu conteúdo é mais sensual, nada pornô. Faço também fotos saindo do banho e são as que mais vendem, gostam muito de conteúdo caseiro. Além disso, já fiz fotos com a Clara [Aguilar] e com uma amiga, Monique, que faz sucesso no OnlyFans”, diz Vanessa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar