Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

“Em um Bairro de Nova York” traz olhar musical sobre sonhos de latinos

O filme é baseado na peça teatral “In The Heights”, escrita pelo ator, escritor, cantor Lin-Manuel Miranda, que está no filme como produtor e ator

Foto: Divulgação

Mateus Arantes
Jornal de Brasília / Agência de Notícias UniCEUB

O filme musical da Warner Bros “Em um Bairro de Nova York” (In The Heights, 2021), dirigido por Jon M. Chu e roteirizado pela Quiara Alegría Hudes, traz os “sueñitos” (pequenos sonhos, em espanhol) como ponto central do filme. O longa traz o foco narrativo nas dificuldades dos imigrantes latino-americanos nos Estados Unidos, mais especificamente em Washington Heights, bairro de Nova Iorque.

O filme é baseado na peça teatral “In The Heights”, escrita pelo ator, escritor, cantor Lin-Manuel Miranda (ganhador do prêmio Pulitzer, dois Grammys, um Emmy, três Tonys e dentre outros), que está no filme como produtor e também atuando como MR. Piragüero.

Assista ao trailer

Elenco

O ator estadunidense Anthony Ramos protagoniza (com excelência) o personagem principal do filme. Usnavi de la Vega, jovem imigrante da República Dominicana que chegou aos EUA com 8 anos de idade. Órfão e dono de uma mercearia, Usnavi tenta voltar para o país de origem após experiência falha de progressão de vida nos Estados Unidos.

Com um elenco repleto de atores latino-americanos, o longa-metragem aborda temas sociais de forma leve e bem humorada, apesar da falta de profundidade, fica claro que o foco do filme é mostrar como eles lidam com esses problemas, como xenofobia, por exemplo, e também para festejar a cultura hispano-americano.

Novo olhar

Em um Bairro de Nova York não cai no estereótipo dos filmes que retratam os latinos da américa com a paleta de cor amarelada, na verdade, é ao contrário, o musical tem explosões de cores que combinam com o ritmo frenético do longa.

A obra dá espaço de tela para contar a história dos personagens secundários, o que também pode ser exaustivo por, em alguns momentos, não agregar em nada no enredo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O musical é colorido, frenético, divertido, consciente de temas sociais, não peca na hora de introduzir a cultura latino-americana e os personagens do filme são muito carismáticos (como Corey Hawkins [Benrey] e Gregore Diaz IV [Sonny], que estão muito bem).

Porém, pode acabar se tornando cansativo para alguns espectadores por se alongar desnecessariamente ao longo das suas 2h23m (143m) e também pela história redundante que, às vezes, parece não caminhar.

O longa-metragem está disponível em todas as salas de cinema do Brasil, que exigem entrada nas salas com o uso de máscara. As sessões estão reduzidas com distanciamento entre as cadeiras.

Ficha técnica do filme:
Elenco: Anthony Ramos, Lin-Manuel Miranda, Stephanie Beatriz, Melissa Barrera, Ariana Greenblatt, Corey Hawkins, Jimmy Smits, Gregory Diaz IV, Leslie Grace
Roteiro: Quiara Alegría Hudes
Direção: Jon M. Chu

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar