Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Carnaval 2024

Segurança pública detalha planejamento operacional do Carnaval 2024

Foco é a segurança de foliões e da população em geral; drones irão reforçar o monitoramento dos blocos de rua

Foto: André Feitosa/SSP-DF

Com o objetivo de garantir que o Carnaval 2024 ocorra com tranquilidade e segurança, a atuação das forças de segurança durante as festividades foi definida, com ações específicas para o período, que ocorre entre os dias 9 e 13 de fevereiro. O Protocolo de Operações Integradas (POI) foi definido a partir de reuniões sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF) com a participação de representantes dos órgãos envolvidos no Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob). Também participaram das reuniões representantes de blocos carnavalescos e do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Imagem: Divulgação/SSP-DF

“Estamos nos reunindo com representantes dos órgãos envolvidos desde outubro do ano passado, em busca das melhores estratégias para atuação conjunta de todos. Com base na integralidade e na eficiência de cada um, chegamos a um planejamento que visa a segurança e a tranquilidade dos foliões, sem deixar de atuar nas demais questões de segurança do Distrito Federal”, pontua o secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar.

“A proximidade de nossa equipe técnica, com todos os órgãos, possibilitou a definição do melhor formato de atuação, em conformidade com a grande festa que o Governo do Distrito Federal está fazendo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa [Secec]”, completa.

O planejamento elaborado para o Carnaval 2024 integra o eixo 1 do programa DF Mais Seguro – Segurança Integral, com ações voltadas para a construção de espaços seguros. O programa foi dividido em cinco eixos temáticos alinhados com as principais necessidades da sociedade, promovendo a sinergia entre os órgãos governamentais, não governamentais e a sociedade civil.

Com a maior parte prevista para ocorrer no Plano Piloto, foram cadastrados 153 eventos carnavalescos junto à SSP. Os principais pontos são as Asas Sul e Norte, Eixo Cultural Ibero-americano, o estacionamento 12 do Parque da Cidade e o Circuito Brasília em Folia, que fica entre o estacionamento da Biblioteca Nacional de Brasília, passando pela via S2, Setor Hoteleiro Sul e seguindo pela via S1 na contramão, e o estacionamento do Eixo Cultural Ibero-americano. Os demais estão distribuídos nas regiões administrativas de Paranoá, Itapoã, Ceilândia, Taguatinga, Guará, Cruzeiro, Águas Claras, Sudoeste, Jardim Botânico, Planaltina, Gama, Varjão, Estrutural, Brazlândia e São Sebastião.

O horário para o funcionamento dos eventos próximos às quadras residenciais não poderá ultrapassar as 23h. A limitação dos horários segue uma recomendação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Drones e Ciob

Segurança dos foliões durante o Carnaval contará com o monitoramento do Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob) | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

A folia será monitorada pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que reúne 30 órgãos, instituições e agências do Governo do Distrito Federal (GDF) voltados para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além disso, a segurança dos foliões durante o Carnaval será reforçada por meio do monitoramento com uso de câmeras e drones. Com isso, a SSP-DF amplia a capacidade de monitoramento de multidões e áreas de difícil acesso, facilitando, assim, a identificação de situações suspeitas. “O uso de drones possibilita uma resposta mais rápida em situações de emergência e, ainda, dão suporte à atuação dos agentes de segurança que estão em campo, pois esse material é transmitido instantaneamente ao Ciob, e às equipes de campo, na Cidade da Segurança Pública”, reforça o titular da SSP.

Cidade da Segurança Pública

As forças de segurança terão uma base no centro da capital – a Cidade da Segurança Pública. Será montada uma estrutura no estacionamento norte da Torre de TV, em frente ao Setor Hoteleiro Norte. O local será o ponto de apoio para agentes de segurança e comandos móveis das corporações.

Defesa Civil

A Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil fará vistorias nos dias de folia para verificar a segurança dos blocos, para minimizar ou evitar situações que possam colocar em risco a segurança do folião. “Encontrando-se qualquer irregularidade, será exigida a correção imediata, com pena de interdição parcial ou, até mesmo, a suspensão em situações mais graves”, alerta o diretor de Gestão de Riscos e Desastres da Defesa Civil, tenente-coronel José Genilson dos Santos.

Caso o cidadão encontre situação de risco em um evento, deve entrar em contato imediatamente com a Defesa Civil, por meio do telefone 199. Há equipes de plantão 24h para atender as solicitações.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Trânsito

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) elaboraram planejamentos para proporcionar tranquilidade para que os foliões aproveitem a festa com tranquilidade e garantir a segurança viária e a fluidez do tráfego para toda a população. Os órgãos de trânsito estarão atuando todos os dias de folia.

As interdições terão início a partir de sábado (10) no Plano Piloto e regiões administrativas, sendo essencial que todos fiquem atentos aos locais próximos aos blocos de Carnaval.

O Circuito Brasília em Folia começa na S2, na altura do Sesi Lab, e vai até a S1, na altura da Torre de TV, passando em frente ao prédio dos Correios, no Setor Hoteleiro Sul. Ou seja, a S1 estará fechada da altura do Conic até a Torre de TV para passagem dos blocos. A interdição começa no sábado (10), a partir das 8h e vai até as 19h. A interdição seguirá até o final do Carnaval, ou seja, de domingo (11) a terça-feira (13), mas nesses dias iniciando às 10h e seguindo o mesmo horário de liberação, às 19h.

“Toda essa área estará impactada, por isso orientamos que o público dê preferência para o transporte público, que irá operar com tempo estendido, e também os aplicativos”, ressalta o comandante do Comando de Policiamento de Trânsito da PMDF, Edvã Sousa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Blocos

Imagem: Divulgação/SSP-DF

Alguns blocos terão um impacto maior no trânsito. Portanto, é importante estar atento. No sábado (10), o Galinho de Brasília irá se concentrar na altura da 202 Sul, próximo à Caixa Econômica Federal. O bloco seguirá na direção da L2 Sul e subirá novamente até o ponto de saída, para dar outra volta. A área será impactada das 10h até as 22h. Os estacionamentos dos setores Bancários e de Autarquias poderão ser utilizados pelo público. “É importante ressaltar aos motoristas para estacionarem em locais permitidos, pois haverá fiscalização dos órgãos de trânsito”, completa o comandante do BPTran.

Outro ponto de impacto é na Asa Norte, no Eixinho próximo à sede dos Correios no Setor de Autarquias até a L2 Norte. O circuito é reservado ao bloco Raparigueiros, que dará duas voltas no local. A área estará fechada para o trânsito de veículos das 15h até as 22h.

Na terça-feira (13), há previsão de concentração do bloco Pacotão na altura da 302/303 Norte. Os foliões seguirão até a 504 Sul, pela W3, via sentido Sul – Norte. O trânsito será bloqueado para veículos a partir das 14h, e a previsão de término dos é 21h30. “Não vamos fechar a via por completo”, antecipa Edvã. “O bloqueio será dinâmico, ou seja, de acordo com a passagem do bloco, assim como a liberação do trânsito”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Detran

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) trabalha de forma preventiva, a fim de garantir a segurança viária e a fluidez do tráfego para toda a população, folião ou não. Estão programadas 125 ações de policiamento e fiscalização de trânsito espalhadas pelas vias urbanas de todas as regiões administrativas do DF, distribuídas da seguinte forma: 25 ações do tipo blitz, 40 patrulhamentos ostensivos com abordagens e 60 pontos de demonstração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Imagem: Divulgação/SSP-DF

A Diretoria de Educação de Trânsito elaborou um cronograma com dezenas de ações de conscientização em bares e nos blocos de Carnaval, levando aos foliões materiais educativos, palestras, ações teatrais, além da presença de repentistas.

O Detran-DF também estará presente em diversos blocos carnavalescos, como o Baratinha (Parque Ana Lídia) e o Galinho (Setor Bancário Sul), no domingo (11); o Baratona (Parque Ana Lídia), na segunda (12) e terça-feira (13); e o Pacotão (504 Norte), na terça-feira (13). Ainda estão programadas, durante a próxima semana, ações do Rolê Consciente nos bares de Águas Claras, Cruzeiro, Asa Norte e Asa Sul.

O principal foco da Operação Carnaval Seguro combaterá a direção sob influência de álcool, sem deixar de observar também outras irregularidades que trazem graves riscos de acidentes. Além disso, a Diretoria de Policiamento e Fiscalização de Trânsito atuará também para coibir o estacionamento irregular em quadras residenciais e gramados públicos.

Locais mapeados

A Operação Carnaval Seguro consiste no aumento da presença das equipes de policiamento e fiscalização de trânsito e da quantidade de viaturas dispostas em pontos de maior consumo de bebidas alcoólicas e de grande circulação de pessoas e veículos, sobremaneira nas áreas adjacentes às festas e eventos de Carnaval. Os dias, locais e horários das ações são estrategicamente definidos para os flagrantes de alcoolemia, no intuito de impedir que momentos de descontração e folia deem espaço a tragédias no trânsito.

PMDF

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) vai empregar, diariamente, efetivo policial nos eventos no Plano Piloto e demais regiões administrativas com programação carnavalesca. O policiamento será reforçado com viaturas e efetivos a pé, do começo até a dispersão do público.

Além do policiamento ordinário que permanecerá em todo o DF, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) vai empregar, diariamente, efetivo policial nos eventos no Plano Piloto e demais regiões administrativas com programação carnavalesca. “Participamos de todas as reuniões realizadas para a elaboração do planejamento operacional que será colocado em prática no próximo final de semana. O objetivo é que os foliões possam se divertir com tranquilidade. É importante ressaltar que a Operação Carnaval é um evento à parte e não compromete o policiamento de rotina”, explica o chefe do Departamento de Operações da corporação, coronel Wesley Santos.

Haverá linhas de revistas nas proximidades dos blocos, com foco na retirada de objetos que possam comprometer a segurança dos foliões, como objetos perfurocortantes. A ação terá apoio do Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães). Equipes especializadas também participarão do policiamento da Operação Carnaval 2024, como as da Cavalaria, Batalhão de Trânsito, Patamo, Rotam, Batalhão de Operações Aéreas (Bavop) e de Cães (BPCães).

Os policiais militares reforçarão a segurança nas estações do metrô e na Rodoviária do Plano Piloto, em parceria com órgãos de mobilidade urbana. “Esses locais costumam ter uma aglomeração de pessoas, principalmente na dispersão dos eventos, e vamos intensificar a atuação”, lembra o coronel

Na Cidade da Segurança, a corporação disponibilizará dois ônibus nos dias de folia. Um deles, o do comando-geral da operação, vai abrigar diariamente um oficial que será o responsável pela ação durante o Carnaval em todas as regiões administrativas do DF. Um outro veículo servirá como apoio – o chamado Ônibus de Tecnologia e Estratégia -, com câmeras de monitoramento e filmagem de até 15 metros em 360°, além de imagens por meio de drones.

Polícia Civil

A Delegacia Móvel da PCDF estará no local, onde será possível registrar ocorrências policiais e o bloqueio de celulares roubados ou furtados. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) estará no local com os institutos de Identificação (II) – que servirá para identificação de pessoas, em casos da não apresentação de documentação pessoal em abordagens – e de Criminalística (IC), em que será possível realizar exames toxicológicos. As equipes trabalharão por meio da Unidade Técnica de Atendimento Móvel (Utam), um contêiner que é deslocado por um caminhão para atuar em ações itinerantes do governo.

As equipes que atuam nas delegacias da região – 1ª e 5ª DPs, Delegacia da Criança e do Adolescente 1 (DCA I) e Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam I) serão reforçadas, assim como as delegacias das demais regiões com festas previstas. A Divisão de Operações Especiais (DOE) irá realizar rondas nas proximidades dos blocos, com objetivo de reprimir furtos e roubos, principalmente de celulares e no interior de veículos.

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) ficará de sobreaviso e será acionada, caso necessário.

Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) também atuará na prevenção de incêndios e contará com equipes de militares especializados em atendimento pré-hospitalar, circulando entre o público para uma resposta mais rápida em caso de necessidade. A corporação também atua de forma preventiva no Carnaval, por meio de vistorias que antecedem os dias dos eventos.

Na Cidade Policial, os bombeiros contarão com a Plataforma de Observação Elevada (POE), com câmeras de alta resolução e alcance acopladas, para melhor observação da movimentação do público. A plataforma é equipada com cinco câmeras superiores, que podem chegar a 15 metros de altura, sendo três fixas, uma térmica – que capta imagens por meio de calor – e uma giratória. Há também seis câmeras ao redor da viatura, que podem ser utilizadas para capturar imagens em planos inferiores.

Os militares irão reforçar as ações por meio do posicionamento em pontos estratégicos, como Torre de TV, Autódromo, Setor Comercial Sul, Setor de Autarquias Norte e Parque da Cidade.

Também haverá militares em blocos com maior previsão de pessoas. Será destacado efetivo específico para o período de Carnaval, independentemente do suporte fixo dos quartéis. Ou seja, os grupamentos dos bombeiros localizados nas regiões administrativas, assim como os especializados, permanecem com os serviços ordinários e em prontidão para reforçar os atendimentos relativos ao Carnaval, caso seja necessário.

Para os dias de folia, a corporação pede atenção especial com crianças e idosos e orienta o público a alimentar-se de forma adequada, ingerir bastante água e fechar registro de água e gás ao sair de casa para evitar inundações e incêndio. Outra recomendação é a de, em ambientes fechados, observar a presença de brigadistas, preventivos e saídas de emergências. Em caso de emergência, a orientação é acionar o 193.

Campanha

A SSP-DF inicia nesta semana uma campanha de conscientização para o Carnaval do Distrito Federal. São cards e vídeos com temáticas sobre o respeito à diversidade, combate à violência de gênero, cuidados no trânsito – com ênfase no alerta de que álcool e direção não combinam – e cuidados com saúde nos dias de folia. O respeito à mulher é um dos principais temas explorado nas peças que serão publicadas até o final do Carnaval. O material ressalta a importância do respeito e canais de denúncia.

“Qualquer pessoa que se sinta em situação de vulnerabilidade ou iminente perigo pode buscar qualquer um de nossos agentes de segurança ou, ainda, acionar a PMDF pelo 190. A Delegacia Móvel, da PCDF, também estará todos os dias na Cidade da Segurança, que será montada em local estratégico – no centro de Brasília”, finaliza Avelar.

*Com informações da SSP-DF






Você pode gostar