Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Ator da Globo se pronuncia sobre suposta recusa à vacina

De acordo com informações de bastidores, o artista, escalado para interpretar Alcides no remake de “Pantanal”, poderia perder o papel na novela

Foto: reprodução

O ator da rede Globo, Juliano Cazarré, se posicionou sobre sua suposta recusa à vacinação contra a covid-19. De acordo com informações de bastidores, o artista, escalado para interpretar Alcides no remake de “Pantanal”, poderia perder o papel na novela.

Por meio do Instagram, Juliano disse que muitas pessoas acreditam em fofoca. “A quantidade de gente que não abre um livro que preste, mas acredita em coluna de fofoca é impressionante. Pobre Brasil”, disse o ator.

“Há alguns dias eu fiz uma consulta à produção de Pantanal sobre a situação da vacina, pois eu adquiri imunidade ano passado e já li textos falando que a vacina nesses casos pouco adianta e que uma nova carga viral pode ser prejudicial. Mas deixei claro que se for uma condição da casa para que eu participe de Pantanal, que eu tomaria”, continuou explicando Juliano Cazarré.

Além da fofoca com ou seu nome, o ator disse ainda que sofreu ameaças e mensagens de ódio que desejavam a morte de sua família.

“Aos meus seguidores queridos, eu peço que rezem uma Ave Maria por todos aqueles que vieram desejar a minha morte, de meus filhos. Rezem também uma Ave Maria pelo colega que sugeriu pegar meu lugar por estar vacinado. Ele é um grande ator e não merece estar nessa situação”.

Por mais do susto com as ameaças, o ator disse chamou os internautas de rebanho de mulas e afirmou que ora por eles também. “Ao rebanho de muares que veio me xingar por causa da vacina. Podem voltar a me xingar apenas pelos motivos de antes: minha opção religiosa e por eu não acreditar na mesma ideologia que vocês. Estou em oração por vocês também. Obrigado”, escreveu

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar