Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Entretenimento

Alec Baldwin é visto chorando após atirar acidentalmente em diretora

A diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42 anos, não resistiu aos ferimentos. Outro diretor também foi baleado

O ator e diretor Alec Baldwin, 68 anos, foi flagrado aos prantos do lado de fora do set de filmagens do filme Rust, que está sendo gravado em Santa Fé, no Novo México (Estados Unidos). Durante as tomadas, nesta quinta-feira (21), Baldwin acabou disparando uma metralhadora cenográfica, atingindo acidentalmente a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42 anos, e o diretor Joel Souza, 48.

Halyna Hutchins chegou a ser levada de helicóptero para o Hospital da Universidade do Novo México, mas não resistiu aos ferimentos. Já Joel Souza foi socorrido no Centro Médico Regional Christus St. Vincent se tratando do acidente.

Baldwin foi flagrado no estacionamento do local com semblante abalado. O ator foi à delegacia espontaneamente e falou aos investigadores sobre o caso, segundo o jornal Santa Fe New Mexican.

O porta-voz do escritório do xerife de “boa vontade”, que investiga o incidente fatal, falou a respeito: “Estamos tratando isso como faríamos com qualquer outra investigação”. O escritório estadual de cinema e o Santa Fe Film Office não quiseram comentar.

A gravação do filme foi interrompida. “A segurança do nosso elenco e equipe é nossa maior prioridade”, declarou a equipe de Baldwin, citada pelo canal de TV KOB. “Rust” é um faroeste estrelado e coproduzido por Baldwin, e dirigido por Joel Souza.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar