Siga o Jornal de Brasília

Cidades

JBr. lista faculdades que oferecem bolsas de até 100%

Tainá Morais
[email protected]

Se você está pensando em iniciar uma graduação, mas a mensalidade não cabe no bolso, não desista: há alternativas a caminho. Diversas faculdades e universidades privadas do Distrito Federal oferecem bolsas de estudos entre 25% e 100%. Nesta reportagem, o Jornal de Brasília reúne diversas dessas oportunidades.

Em geral, os concursos de bolsas acontecem no início, meio e fim de ano. Na visão da Universidade Católica de Brasília – uma das instituições que oferecem a facilidade – o auxílio favorece a permanência dos alunos no curso.

Um exemplo de beneficiado é o empresário e cerimonialista Paulo Henrique dos Santos Lima, 31 anos. Ele concluiu a graduação em Comunicação Social por meio da bolsa de 100% na Universidade Católica. “Quando comecei, tinha o desconto de 50%. Mas, na metade do curso, conquistei a de 100%. Se não fosse isso, não teria conseguido concluir”, conta o empresário.

Paulo Henrique cursou a faculdade com bolsa de estudos. Foto: Rayra Paiva Franco/Jornal de Brasília.

O vendedor Diego Poeck, 19 anos, está em busca de oportunidade semelhante. Ele chegou a a obter uma bolsa de 100% para cursar Licenciatura em Ciências Biológicas, mas, na época, não houve turma disponível. Isso, porém, não foi empecilho para desistir. “Vou continuar tentando”, avisa.

Oportunidades

No DF, as instituições UniCeub, Unip, Iesb, Universidade Católica e UDF estão com concursos de bolsas. Confira:

UDF

O Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) oferece bolsas de estudo de 100% durante todo o curso aos candidatos inscritos na Prova Tradicional do Vestibular (cursos presenciais), exclusivamente, que atingirem a pontuação mínima de 75% da prova. O teste está marcado para o dia 28 de julho, com inscrições até amanhã (25).

Além disso, os demais candidatos, também com bom desempenho na prova, poderão receber bolsas no valor de 50%, ao atingirem de 61 a 74 pontos, e 30%, de 51 até 60 pontos (exceto para o curso de Odontologia e o Direito que possuem vagas limitadas), conforme regulamento disponível no site da instituição.

Estácio

A Faculdade Estácio oferece 10 mil bolsas de estudo de até 100% em todo Brasil. Para aqueles que fizerem o vestibular e Enem, há 30% de desconto durante todo o curso.

Para mais informações, acesse o site da Estácio.

Universidade Católica

A Bolsa Social da UCB é outra modalidade de bolsa filantrópica, normalmente disponibilizada aos estudantes regularmente matriculados na Universidade e os requisitos são publicados em edital próprio.

• A bolsa pode ser concedida no percentual de 50% e 100%, a depender da análise socioeconômica.
• A renovação da bolsa é semestral, mas para a concessão não há período fixo.

Mais informações: 61 3356-9058/9498

UniCeub

Os projetos do UniCeub oferecem bolsas de R$400 ou 25% de desconto (não excedendo o valor máximo de R$ 465) na mensalidade. São eles:

• PIBIC (projetos de pesquisa de todos os cursos de graduação)
• PIBITI (projetos com mérito em desenvolvimento tecnológico e processos de inovação)
• PIC Jr. (projetos desenvolvidos por alunos do Ensino Médio orientados por professores da graduação do UniCEUB)

Mais informações: (61) 3966-1201

Unip

A Universidade Paulista oferece bolsas de até 50% de desconto por meio do programa Quero Bolsa. A ação vale para cursos de graduação (licenciatura, bacharelado e tecnólogo) para os estados do Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santos, Goiás, São Paulo e interior de São Paulo.

Mais informações: (61) 2192-7080

Iesb

O Iesb oferece bolsas de estudo de até 100% para candidatos destaque no Enem. O candidato deverá ter participado da última edição do exame e ter marcado, no mínimo, 450 pontos.

Mais informações: (61) 3340-3747

Vagas por meio do Enem/ProUni

Para concorrer a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) em universidades particulares, os candidatos deverão ter participado do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter obtido, pelo menos, 450 pontos.

A seleção é feita de acordo com a pontuação do aluno. Quanto maior, mais chances o concorrente tem de garantir uma vaga.

O exame teve 106 mil inscritos confirmados no DF. Em todo o País, foram 6,7 milhões de inscrições, mas apenas 5,5 milhões foram confirmadas

Agora, que já passaram os prazos para pedido de isenção, justificativa de ausência e inscrição, os participantes devem aguardar a chegada dos cartões de confirmação de inscrição do Enem de 2018, que serão divulgados em 22 de outubro.

As provas serão aplicadas em 4 e 11 de novembro – dois domingos. Para inscritos privados de liberdade, os testes serão em 18 e 19 de novembro. Já a divulgação dos resultados está prevista para 17 de janeiro de 2019.

Critérios

O ProUni exige critérios de renda para concorrer a uma bolsa. São eles:

-Para as bolsas integrais (100%) podem concorrer os alunos que tiverem renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

-Para as bolsas parciais (50%), os candidatos devem ter renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

O processo seletivo acontece duas vezes por ano e o candidato precisa cumprir, pelo menos, um desses requisitos:

-Ter cursado o ensino médio em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral.

-Ser pessoa com deficiência.

-Ser professor da rede pública de ensino, integrando o quadro de pessoal permanente da instituição e concorrer a bolsa exclusivamente para cursos de licenciatura, pedagogia ou normal superior. Neste caso não é necessário comprovar renda.

Você pode gostar
Publicidade