Siga o Jornal de Brasília

Teatro e Dança

Cia Brasilienses de Teatro estreia novo espetáculo em agosto

A Cia. Brasilienses de Teatro apresenta sua nova montagem do espetáculo Aquela Peça de Shakespeare, adaptação da obra Macbeth, de William Shakespeare, feita pelo dramaturgo e diretor James Fensterseifer.

Publicado

em

Cia Brasilienses de Teatro estreia novo espetáculo em agosto
Aquela Peça de Shakespeare. Foto: Adla Marques
Publicidade

Depois de mais de dois milênios de história do teatro, e com a devida veneração pelas notáveis tragédias gregas, Macbeth ainda é a grande obra trágica universal que, de uma forma essencial, expõe e faz refletir sobre o amor e a ambição como impulsionadores dos destinos do homem.

Quinze anos depois de adaptar o texto pela primeira vez e após dezessete espetáculos encenados, a Cia. Brasilienses de Teatro retorna aos palcos com sua incursão aos antepassados, remontando o clássico shakespeariano Macbeth em versão concisa e construtivista.

A saga implacável, do herói trágico em busca do poder, tem ressonâncias inquietantes com o tempo em que vivemos; essa é uma dimensão política da obra, que torna ainda mais importante a sua remontagem.

Contando com um elenco notório: André Amaro, Abaetê Queiroz, Fernanda Cabral e Marcos Davi, e uma equipe experiente: Marcus Barozzi (figurinos e maquiagem), Marcelo Augusto (iluminação) e Marcello Linhos (trilha sonora), a encenação pretende retornar a verve dramática de seu diretor, trazendo para a cena uma visão teatral instigante que sintetiza a grandeza da obra shakespeariana.

O nome do espetáculo, Aquela Peça de Shakespeare, se fundamenta no respeito à tradição teatral inglesa, segundo a qual é melhor não falar o título deste clássico shakespeariano. Muitos atores preferiam chamá-la de “a peça escocesa”, porque acreditavam que o nome Macbeth dava azar.

Aquela Peça de Shakespeare. Foto: Adla Marques

Histórico

Em 2004, dentro da pesquisa sobre nossos antepassados desenvolvida pela Cia Brasilienses de Teatro, James Fensterseifer adaptou Macbeth de Willian Shakespeare. Em sua redação, o dramaturgo optou por sintetizar o texto, transformando os cerca de trinta personagens do original em apenas sete. Essa condensação trouxe agilidade e destacou os principais objetivos da trama. Ainda na intenção de valorizar o texto, ele optou por uma estrutura construtivista – com marcações geométricas e pouca movimentação cênica. O espetáculo estreou na saudosa Sala Loyola (do Centro Cultural de Brasília) em temporada de sucesso e, em 2005, fez temporada no Teatro Goldoni da Casa D’Itália.

A incursão da Cia. pela obra shakespeariana teve continuidade com a adaptação e encenação das peças: Conto de Inverno (2011) – até então inédita em Brasília – e Otelo (2016).


Serviço
Aquela Peça de Shakespeare
Sala Multiuso (Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul – 98602-0732)
De 09 a 18/08/2019 – Sextas e sábados, 20h; e domingos, 19h
Ingresso: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia entrada para os amparados pela lei)
Classificação Indicativa: 14 Anos


Você pode gostar
Publicidade