Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Mostra Michel Ocelot tem entrada gratuita no CCBB

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Criador do famoso personagem Kiriku, o francês Michel Ocelot é um mestre do cinema de animação. Dono de um trabalho refinado, com uma rica paleta de cores, as obras de Ocelot encantam espectadores de todas as idades, apresentando técnicas que vão desde o tradicional teatro de sombras até recursos tão modernos quanto o 3D. O universo lúdico do diretor, inspirado em contos de fadas e mitos africanos e árabes, contribui para compor filmes de temática e estética únicos.

 

Com entrada gratuita, a mostra, em cartaz no CCBB Brasília entre 24 de setembro e 6 de outubro de 2019, é uma oportunidade de conhecer ou rever os filmes de Michel Ocelot. A programação traz sete longas e cinco curtas-metragens do diretor – entre eles, Os três inventores, ganhador do BAFTA Film Award, em 1981. Outros destaques da mostra são a pré-estreia de Dilili em Paris (2018), premiado com o César 2019 de melhor animação, e As aventuras de Azur e Asmar (2007), em cópia 35mm. Todos os curtas são legendados e os longas-metragens contam com sessões legendadas e dubladas.

 

São 16 sessões abertas ao público e outras 16 sessões exclusivas para escolas, nas quais os alunos terão a chance de debater questões relacionadas ao filme com um arte-educador. O folder, pensado para o público infantil, traz um minicaderno de atividades.

 

Nascido em 1943, Michel Ocelot, que hoje vive em Paris, passou a infância na Guiné, antes de se mudar na adolescência para a cidade francesa de Anju. A vivência em um país africano o marcou profundamente, e isso se reflete em vários de seus filmes, cujas temáticas perpassam tanto a África negra quanto a África árabe.

 

O diretor ficou mundialmente conhecido em 1998, com seu filme Kiriku e a Feiticeira, sucesso de crítica e bilheteria. Seus filmes foram selecionados para os maiores eventos cinematográficos do mundo, como o Festival de Animação de Annecy (principal referência para o gênero), o Festival de Cannes (com o filme As aventuras de Azur e Asmar) e o Festival de Berlim, no qual concorreu ao Urso de Ouro com o filme Contos da noite (2011). Sua produção mais recente é Dilili em Paris, de 2018. Ocelot assina também o videoclipe da música Earth intruders, da cantora islandesa Björk.

 

A mostra Michel Ocelot é uma produção da Fumaça Filmes e tem curadoria de Fábio Savino.


Leia também
Publicidade