fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Literatura

Os que veem com a alma

Seleção de textos de autoria de pessoas com deficiência visual vai até o próximo dia 20

Pedro Marra

Publicado

em

Foto: Andrey do Amaral
PUBLICIDADE

Em edição especial, a 8ª edição da Mostra de Literatura Ocupação e Inclusão — com iniciativa do produtor literário Andrey do Amaral em conjunto com a Biblioteca Braille Dorina Nowill de Taguatinga, com foco nos direitos humanos —, o evento vai divulgar textos de autores com deficiência visual. A ideia é promover a acessibilidade e a inclusão de pessoas com este tipo de deficiência. Os gêneros aceitos são poesia, conto e crônica, envolvendo lições de acessibilidade, inclusão e desafios diários enfrentados pelos agentes culturais com deficiência visual.

“As inscrições são gratuitas e não haverá qualquer tipo de cobrança financeira para participar desta chamada”, diz Andrey do Amaral.

Os selecionados participarão de uma coletânea de textos. E o livro estará à venda nas grandes livrarias online do país e será distribuído em bibliotecas de Brasília.

A inscrição dos autores e seus textos começou em 10 de junho e vai até 20 de julho. Interessados devem enviar as obras por e-mail ou caixa postal da mostra. O evento deve ocorrer em agosto na Biblioteca Braille Dorina Nowill de Taguatinga, mediante as recomendações médicas da pandemia do novo coronavírus. Uma alternativa da organização é fazer o evento de premiação virtualmente, caso não possa acontecer presencialmente na unidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O projeto, patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC), é amparado pela Chamada Pública Ocupação, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec-DF).

Qualidade

Segundo o agente literário Andrey do Amaral, a mostra é dividida em dois momentos principais: a seleção e a publicação de textos exclusivamente de pessoas com deficiência visual, não só do Distrito Federal, mas de todo o Brasil. O segundo momento é a participação de escritores para falarem de sua experiência com escrita, publicação de livros e interação com os leitores.

“O primeiro momento do projeto irá até agosto. Aí vamos esperar as recomendações do GDF em relação à flexibilização do isolamento social. Caso seja possível, os escritores irão à Biblioteca Braille conversar com o público. Não sendo possível, adaptaremos o projeto para uma possibilidade virtual ou modo à distância”, explica.

Amaral enfatiza que a premiação é a própria escolha do texto por um conselho editorial e sua publicação em coletânea. “Além disso, cada selecionado ganhará 10 livros impressos gratuitos, e o livro será amplamente distribuído. Não há limite para os autores se inscreverem, mas cada um só pode nos enviar apenas um texto de, no máximo, cinco páginas. Temos cerca de 90 escritores sendo já analisados”, adianta o produtor literário.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele conta que, além dos inscritos terem de comprovar por meio de laudo técnico sua deficiência, o critério é primeiramente ser cego ou pessoa com baixa visão. “Um outro critério é a qualidade textual”, complementa Andrey.

Para serem protagonistas de sua arte

Quem também participa do projeto é o professor da Secretaria de Educação do DF (SE-DF), Antônio Leitão, que acredita ser muito importante protagonizar a produção literária dos deficientes visuais.

“Nós vivemos em um país extremamente preconceituoso, e no Brasil houve uma espécie de polarização de que os ricos desprezam os pobres e menos favorecidos e os pobres morrem de raiva dos ricos. Isso demonstra a oportunidade ímpar de mostrar o que cada um pensa, e depois colocá-los no livro para serem protagonistas de uma arte que muitas vezes eles têm dificuldade de fazer sozinhos”, comenta.

Caso seja selecionado, o escritor ou escritora não irá pagar pela publicação. E ainda podem ter o auxílio de autores renomados com livros de destaque no cenário nacional e que também fazem parte do conselho editorial de arte-educação do projeto. Para participar, os interessados devem acessar o edital disponível na Biblioteca Braille Dorina Nowill.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Serviço
Mostra de Literatura, 8ª edição – Ocupação e Inclusão
Seleção de textos de autores cegos
Inscrições aberta até 20 de julho
Interessados devem enviar as obras por e-mail — mostradeliteratura@gmail.com — ou para Caixa Postal 2188, Brasília-DF, CEP 70.343.-970
Informações: (61) 9 8457-7131


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade