Siga o Jornal de Brasília

Entretenimento

Arnaldo Saldanha realiza primeira exposição individual neste sábado

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A galeria XXX Arte Contemporânea promove, no próximo dia 9, sábado, às 19h, a abertura da exposição Sem o Peso de Nenhuma Lembrança. A mostra traz 22 fotografias do artista visual Arnaldo Saldanha, sob a curadoria de Rogério Carvalho.

Sentimentos como o medo, a dor e a melancolia – negligenciados em uma sociedade ávida por instituir padrões inalcançáveis de felicidade – ganham espaço na sutileza crítica de obras que são um convite à reflexão.

Por trás do apelo imagético bombardeado pelas redes sociais, e seu consequente culto à perfeição, há fragilidades que poucos ousam assumir publicamente. E é essa premissa que Saldanha utiliza para desenvolver sua primeira exposição individual. Para o artista, é importante mostrar que o lado sombrio que habita em todos os seres não deve ser ignorado. Pelo contrário, analisar e compreender essas inseguranças pode levar a um processo único de libertação.

O autor ressalta que as angústias inerentes à condição humana são a tônica de seu projeto. Sem o Peso de Nenhuma Lembrança é um trabalho em que procuro estabelecer como seria, para mim, expor as dificuldades e a impermanência em nossa vida. Talvez essas fotografias tragam um meio de expressar o que não queremos encarar na realidade. Uma proposta poética que usa de símbolos diversos, tentando questionar aquilo que todos temos em comum”, afirma.

Biografia

Divulgação

Arnaldo Saldanha dedica-se atualmente à fotografia documental e contemporânea. Integrou uma exposição no Palácio do Buriti, em 2016, junto a outros selecionados do I Prêmio Vera Brant de Arte Contemporânea. Em 2017, participou com projeções de suas imagens no Festival de Fotografia Goyazes, em Goiânia, e no evento Magnum Photos – Caravan Brazil, no Rio de Janeiro. Foi ainda escolhido para expor na Bienal das Artes do Sesc, a ser realizada no final de junho em Brasília.

A curadoria de Sem o Peso de Nenhuma Lembrança fica a cargo do arquiteto Rogério Carvalho. Ele atuou como curador dos Palácios do Planalto e Alvorada entre os anos de 2008 e 2016, foi gerente nacional de bens móveis e integrados do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e arquiteto restaurador da Igreja Nossa Senhora de Fátima (Igrejinha – 308 Sul), dentre outras obras de Oscar Niemeyer.

Serviço:
Exposição Sem o Peso de Nenhuma Lembrança
Abertura: 9 de junho (sábado)
Horário: 19h
Local: Galeria XXX Arte Contemporânea
Endereço: Rua Sucupira, casa 23, Condomínio Verde, Jardim Botânico, Brasília/DF
Não recomendado para menores de 16 anos


Leia também
Publicidade