fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Serial Killer: surgem mais três vítimas

As três vitimas sobreviventes compareceram à 31ª Delegacia de Polícia nesta noite e reconheceram o cozinheiro

Avatar

Publicado

em

Fotos: Vitor Mendonça
PUBLICIDADE

Paula Beatriz 
redacao@grupojbr.com

Marinesio dos Santos Olinto, de 41 anos, confessou ter matado Letícia Sousa Curado de Melo, de 26 anos e Genir Pereira de Sousa. Durante a repercussão dos assassinatos, a delegada Jane Klébia, da 6ª DP, confirmou mais três vítimas sobreviventes. 

As três vitimas sobreviventes compareceram à 31ª Delegacia de Polícia nesta noite e reconheceram o cozinheiro. Segundo uma das vítimas, da mesma forma que as outras duas mulheres, ela aceitou uma carona, mas ao ser atacada conseguiu saltar do carro e fugir.   

Foto: Vitor Mendonça

Existem semelhanças entre os assassinatos de Letícia, Genir e a agressão à terceira vítima. Em todos os casos as vítimas foram vistas em uma parada de ônibus de Planaltina e entrando em um carro que retornou após passar pelo ponto uma vez. Além disso as vítimas de assassinatos foram encontradas em um matagal. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Caso Letícia 

O primeiro assassinato descoberto foi o de Letícia. Ela desapareceu na última sexta após sair para trabalhar e foi encontrada nesta segunda (26/08), morta em um matagal. Acompanhado da advogada, o assassino levou os policiais até o corpo, que estava em uma manilha às margens da estrada que leva ao Vale do Amanhecer, em Planaltina. A necropsia do corpo está marcada para a manhã desta terça-feira (27/08).

Caso Genir 

Genir foi encontrada dia 12 de junho morta em um matagal também. Ela havia desaparecido no dia 2 de junho. E hoje, o assassino confessou ter sido responsável pela morte dela.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade