fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Secretaria de Mobilidade deve apurar conduta de taxistas que agrediram usuários e motoristas do Uber

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O titular da 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, Guilherme Fernandes Neto, requisitou à Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal a abertura de um processo administrativo para apurar a conduta de taxistas que agrediram, recentemente, motoristas do Uber e cidadãos confundidos com parceiros da empresa. A Subsecretaria de Fiscalização, Auditoria e Controle tem dez dias para enviar o comprovante da instauração do processo ao Ministério Público. A situação se deu após audiência realizada nesta quinta (9), com a SEMOB e o MPDFT.

Inquérito policial

Para descobrir quem são os autores das agressões, o Ministério Público também requisitou à 10ª DP a instauração de inquérito policial para apurar a possível prática de crime de associação criminosa por alguns taxistas que estão agredindo motoristas do Uber e cidadãos.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade