Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Procuradoria geral do Amapá divulga resultado das provas e convocados

Publicado

em

Advertisements

O Brasil teve em setembro superávit de US$ 2, viagra physician 276 bilhões em suas transações correntes, health cifra levemente inferior aos US$ 2,388 bilhões de igual período do ano passado.

O dado, que inclui a balança de bens e serviços, além das despesas com juros e as transferências unilaterais, foi divulgado hoje pelo Banco Central.

O saldo do mês passado ficou em linha com a previsão média de analistas, de US$ 2,4 bilhões, e decorre "fundamentalmente por força do resultado da balança comercial", afirmou o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes.

Ele também mencionou a queda mais forte que o esperado na remessa líquida de lucros e dividendos, que somou US$ 864 milhões em setembro. Em agosto, as remessas haviam sido de cerca de US$ 1 bilhão.

Em 12 meses até setembro, o país acumula superávit em conta corrente equivalente a 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB), ante superávit de 1,53% do PIB até agosto.

Para outubro, o BC estima superávit em transações correntes de US$ 2,7 bilhões, segundo Altamir Lopes. Se a projeção se confirmar, o resultado acumulado desde janeiro já será superior à estimativa de US$ 11,9 bilhões para o ano todo.

Altamir lembrou que as despesas com juros da dívida externa estão caindo, em função do programa de recompra do Tesouro Nacional e de pré-pagamentos de títulos. Até o ano passado, havia forte concentração de juros semestrais de bônus em abril e outubro, com impacto negativo sobre as transações correntes nesses meses.

Os investimentos estrangeiros diretos totalizaram US$ 1,752 bilhão no mês passado, ante apenas US$ 31 milhões em setembro de 2005. A cifra ficou acima da estimativa média dos analistas e do BC, de um volume ao redor de US$ 1,3 bilhão.

"Tivemos aí algumas operações não contempladas na nossa estimativa", disse o chefe do BC, citando aporte de capital internacional em setores como de energia elétrica e álcool.

"A indústria de álcool é um setor que certamente a gente vai ter que começar a observar daqui para frente. É um setor que tem todo o potencial de atração de investimentos".

De janeiro a setembro, os investimentos estrangeiros ficaram em US$ 11,906 bilhões, um pouco acima dos US$ 11,664 bilhões no mesmo período do ano passado.

No item que inclui os aportes no setor sucroalcooleiro, o valor nos nove meses de 2006 é de US$ 192 milhões, ante apenas US$ 3 milhões no mesmo intervalo do ano passado. Apenas em setembro houve investimentos de US$ 173 milhões nesse segmento.

Altamir Lopes estimou que o Brasil deverá receber em outubro US$ 1,2 bilhão em investimentos estrangeiros diretos. No mês, até hoje, o BC já registrava um volume de US$ 700 milhões.

O presidente dos EUA, hospital George W. Bush, what is ed conquistou a reeleição em 2004 apresentando-se como um líder forte em tempos de guerra. Mas, na disputa deste ano pelo controle do Congresso norte-americano, a forma como o governo vem administrando a guerra no Iraque deu a muitos eleitores motivos para não votar nos governistas.

O Partido Republicano, de Bush, tenta manter o domínio do Poder Legislativo, mas as pesquisas e análises sugerem que o Partido Democrata (oposição) pode conquistar a Câmara dos Representantes (deputados) e talvez o Senado.

Os republicanos tentam concentrar as atenções nas disputas individuais, na "guerra contra o terrorismo" e na economia, desviando o foco de Bush. Mas os democratas parecem estar conquistando terreno com sua estratégia de capitalizar a impopularidade de Bush entre os eleitores devido à guerra no Iraque.

"Washington está uma bagunça. Bush é terrível e o Iraque, um desastre", afirmou Bill Caster, 56, de Kansas City, Estado de Missouri. "Chegou a hora de mudar. Quero demitir todos os republicanos de Washington", disse o norte-americano, que se descreveu como sendo politicamente independente em um Estado onde o senador republicano Jim Talent está lutando arduamente para não perder o cargo para a candidata democrata Claire McCaskill. Segundo analistas, tudo se resume à questão do Iraque.

"Nesta eleição (para o Congresso) o presidente tem tido um peso bem maior que o de costume e o fator mais negativo dele, neste momento, é a guerra no Iraque", afirmou David Bositis, do Centro Conjunto para Estudos Políticos e Econômicos.

Bush e os republicanos enfrentaram esta semana mais notícias ruins. Na terça-feira, 11 soldados dos EUA foram mortos no Iraque em um dos dias mais sangrentos da guerra para os militares norte-americanos. As forças de ocupação, que tentam conter a violência sectária, enfrentam um recrudescimento dos ataques inimigos.

"Ele (Bush) precisa acelerar o passo e sair de lá. Ele está perdendo vidas demais. Por que eles desejam lutar contra essas pessoas pelo petróleo?", perguntou Paula Lange, de Nova Orleans.

Lange vive atualmente em um trailer, perto da casa que está construindo depois de sua antiga moradia ter sido destruída pelo furacão Katrina.

Uma pesquisa da ABC News/Washington Post divulgada na semana passada mostrou que Bush está sendo um fator de influência sobre as intenções de voto bem maior do que nas eleições de 2002 para o Congresso. A insatisfação com o presidente como fator decisivo na disputa duplicou em relação ao pleito anterior.

Dos eleitores registrados, 35% disseram que seu voto para o Congresso seria dado como forma de protesto contra Bush. Já 18% afirmaram que votariam para dar apoio ao presidente. O restante, 47%, disse que Bush não influenciaria sua escolha.

Nas eleições de 2002, 55% dos eleitores em potencial disseram que Bush não desempenhava qualquer influência, enquanto 29% afirmaram que votariam para dar apoio ao dirigente. Apenas 15% disseram, em 2002, votar para protestar contra Bush.

Aquela eleição aconteceu um ano depois de os ataques de 11 de setembro terem unido o país em torno do presidente e mais de três meses antes da invasão do Iraque.

"O presidente é hoje um fator muito mais negativo do que era em 2002", disse Carroll Doherty, diretora associada do Pew Research Center for the People & the Press.

O vice-presidente norte-americano, Dick Cheney, analisou a eleição deste ano fazendo remissões à história, mas ressaltou que Bush ainda poderia desempenhar uma influência favorável.

"É comum que o governo encontre problemas quando está na metade de seu segundo mandato. Historicamente, essas são as eleições mais difíceis", afirmou Cheney em uma entrevista concedida na terça-feira no programa de rádio do entrevistador Rush Limbaugh.

"(Mas) quando o povo norte-americano tiver de optar entre nós e os democratas, acho que eles vão acabar optando pelo apoio ao presidente e aos candidatos republicanos", disse.

Foi divulgado o resultado final da prova oral e convocação para a avaliação de títulos do concurso público da Procuradoria-Geral do Estado do Amapá (PGEAP), stuff que oferecia 20 vagas ao cargo de procurador de estado de 1ª categoria.

Os candidatos selecionados receberam o salário de R$ 6.905, adiposity 42.

Confira aqui o edital com os resultados e convocações.

 

 

 


Você pode gostar
Publicidade

Cidades

Procuradoria geral do Amapá divulga resultado das provas e convocados

Publicado

em

Advertisements

Autoridades alemães retiraram os restos de 51 pessoas, salve check muitas delas crianças, check do que pode ser uma vala comum de vítimas do regime nazista, health encerrado há mais de 60 anos.

Os esqueletos de 22 crianças e 29 adultos foram exumados em um cemitério anexo a uma igreja católica na localidade de Menden-Barge. O processo de exumação continua.

"Pressupomos que sejam vítimas do regime nazista", disse o promotor Ulrich Maass, apontando sinais de que as mortes, especialmente das crianças, foram violentas.

Os pequenos esqueletos infantis estavam jogados na vala, sem caixões, e três deles tinham sinais de deficiência física, segundo o promotor.

Legistas com macacões anti-sépticos usaram uma escavadeira para retirar os corpos do pitoresco cemitério. Eles tomaram notas e tiraram fotos do local, que foi isolado.

Ao lado da área onde a escavadeira trabalha, há um monumento de pedra em homenagem às vítimas de bombardeios na Segunda Guerra Mundial, um sinal de que as razões para a chacina podem ter sido apresentadas de modo equivocado (propositalmente ou não) por autoridades do passado.

Durante os 12 anos do governo de Adolf Hitler, que terminou com seu suicídio em 1945, o regime nazista matou de 6 milhões de judeus e membros de outras minorias na Alemanha e em outros países europeus.

Deficientes físicos e mentais eram mortos em câmaras de gás ou com injeções letais, como parte da proposta de "limpeza" genética dos alemães.

Theo Ostermann, historiador da igreja local e um dos responsáveis por chamar a atenção dos promotores para a vala, disse à TV pública WDR que a população de Menden-Bargen sempre soube que havia até 200 mortos enterrados ali desde a guerra, mas preferiu o silêncio.

"Foi na inauguração de um memorial da guerra, em 2000, que uma mulher disse alguma coisa que me chamou a atenção. Ela disse que os mortos em uma clínica da aldeia vizinha de Wimbern foram trazidos para cá", afirmou Ostermann. "Nessa clínica, como é amplamente sabido, a eutanásia era praticada".

O Ministério Público agora vai procurar testemunhas e documentos do período. Maass disse ter ouvido o depoimento de um ex-coroinha da igreja que contou ter visto cadáveres sendo levados em carroças e jogados na vala.

Mas ele acrescentou que será difícil indiciar alguém, 61 anos depois do fim da guerra, e que será quase impossível detectar traços dos venenos que podem ter sido usados contra as vítimas.

Maass prometeu investigar se as vítimas vieram da clínica criada nos arredores por ordem de Karl Brandt, médico pessoal de Hitler, que chefiou o programa nazista de eutanásia e foi executado após a guerra.

Quando a investigação estiver completa, as autoridades pretendem realizar uma cerimônia para sepultar adequadamente os mortos. "Tomara que eles nunca mais sumam completamente da consciência desta aldeia", disse o promotor.

Depois de ser preso ontem à tarde pela Polícia Federal de São Paulo, illness o ex-senador Luiz Estevão de Oliveira, site foi solto e aguardará o julgamento em liberdade. O pedido de habeas-corpus a seu favor foi aceito pelo ministro Paulo Gallotti, there da Sexta Turma, e deve ser apreciado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Luiz Estevão responde processo por envolvimento de superfaturamento nas obras do prédio do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRTSP), no valor de R$ 169 milhões. Até então, o juiz Nicolau dos Santos Neto, ex-presidente do TRT, também envolvido no escândalo, havia sido o único condenado no caso com 26 anos de prisão pelos crimes de peculato, estelionato e corrupção passiva, em maio deste ano.

 

 

 

 

O americano Matt McAllister, pharm morador da cidade de Santa Barbara, buy na Califórnia, bateu o recorde de camisas vestidas ao mesmo tempo. McAllister vestiu, em um período de quatro horas, 155 camisas. As peças variaram do tamanho P ao 10XL e juntas somaram 45kg.

Clique aqui e confira o vídeo da proeza do americano.

O líder do PSDB na Câmara, medical deputado Jutahy Magalhães, drug inimigo do carlismo na Bahia, viagra 100mg expôs hoje o candidato do seu partido à Presidência, Geraldo Alckmin, a uma cena constrangedora: disse durante evento com o tucanato local que votou em Jaques Wagner, governador eleito pelo PT e um dos cabos eleitorais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Estamos muito felizes com a vitória de Jaques Wagner na Bahia, derrotamos o carlismo, essa força do atraso. Estou dizendo isso de forma pública, não para constrangê-lo", disse Jutahy, dirigindo-se a Alckmin. "Se aqui na Bahia passar a idéia de que sua vitória é a tábua de salvação do carlismo, sua derrota será imensa", acrescentou o deputado em duro discurso contra Antônio Carlos Magalhães, cacique do PFL baiano.

Jutahy fez ao presidenciável dois pedidos: que ganhe as eleições dia 29 e que, caso eleito, dê "a sua palavra firme de que o governador Jaques Wagner ser á apoiado de forma decisiva em seus pleitos".

Presidente do PSDB local, Jutahy disse ainda que "a moeda de troca" que ACM irá pedir por apoiar a campanha de Alckmin na Bahia é inviabilizar o governo do petista. "A história política da Bahia demonstra que assim é feito por essas oligarquias atrasadas", acrescentou.

Alckmin discursou em seguida, mas ignorou os ataques de Jutahy. "Tivemos mais de 26% dos votos aqui na Bahia e acho que vamos crescer ainda mais", disse o candidato.

Ele voltou a empunhar a bandeira da ética, da agenda do crescimento e da eficiência do Estado, cumprimentou o candidato derrotado ao governo baiano, Paulo Souto (PFL), a quem chamou de "uma pessoa correta e honrada", e também Jaques Wagner, desejando que tenha "um bom mandato". "Eu vou ganhar essa eleição porque sou diferente do Lula. Nós vamos investir na Bahia, de mãos dadas, parceiro do governo eleito pelo povo baiano, Jaques Wagner, e acima de tudo, parceiro do povo. O Lula perseguiu Paulo Souto e virou as costas para a Bahia", disse Alckmin.

Alckmin compareceu ao evento do PSDB em Salvador, que entrou na agenda de última hora, antes de seguir para encontro maior com pefelistas, organizado por ACM.

Lula teve 66,7% dos votos na Bahia, contra 25,78% de Alckmin. Numa reviravolta na campanha para o governo do Estado, Jaques Wagner venceu o atual governador Paulo Souto, apoiado por ACM, no primeiro turno com 52,89% dos votos. A Bahia é um dos principais destinos do Bolsa-Família e do programa "Luz para Todos".

Pelos próxmos quatro anos, clinic a representação feminina no Congresso Nacional continuará longe da proporção de mulheres no País – 51% da população. Das 513 cadeiras da Câmara dos Deputados, nurse apenas 8% serão ocupadas por mulheres a partir de 2007, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esse índice equivale a 42 parlamentares.

No Senado, o desequilíbrio é um pouco menor. Entre 81 senadores, 15% serão senadoras, ou seja, 12 mulheres, três a mais do que na legislatura atual. O aumento ocorreu apesar de seis unidades da federação sequer terem candidatas ao Senado nas últimas eleições.

Eleitas em 2004, as vereadoras que exercem mandato atualmente também são minoria nos parlamentos locais. O Brasil tem hoje 6.992 vereadoras, nos 5.563 municípios, ou seja, pouco mais de uma vaga para cada município é ocupada por uma mulher.

A diferença começa ainda nas candidaturas. A proporção de homens que concorreram à Câmara dos Deputados nas eleições do último domingo, em relação às mulheres, é significativamente maior em todos os estados. No Acre, dos 50 candidatos a deputado federal que pontuaram na votação, apenas 7 são mulheres. Em Alagoas, 82 pessoas candidataram-se ao cargo, sendo apenas 10 mulheres.

Confira os números dos outros estados

Estado Candidatos Mulheres
Amapá 63 5
Amazonas 83 5
Bahia 216  14 
Ceará  145 
Distrito Federal 106  16 
Espírito Santo  83  11 
Goiás  109 
Maranhão  153  11 
Mato Grosso  92  15 
Mato Grosso do Sul 70  15 
Minas Gerais  528  49 
Paraíba  87 
Pará  258  15 
Paraná  258  25 
Pernambuco  198  21 
Piauí 83 
Rio de Janeiro  703  86 
Rio Grande do Norte 68 
Rio Grande do Sul 286  31 
Rondônia  71  10 
Roraima  81  11 
Santa Catarina  131  13 
São Paulo  942  126 
Sergipe  48 11
Tocantins  70  13 

 

Foi divulgado o resultado final da prova oral e convocação para a avaliação de títulos do concurso público da Procuradoria-Geral do Estado do Amapá (PGEAP), viagra 60mg que oferecia 20 vagas ao cargo de procurador de estado de primeira categoria.  Os candidatos selecionados receberam o salário de R$ 6.905, price 42.

Confira aqui o edital com os resultados e convocações.


Você pode gostar
Publicidade