Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Primeira jornada de residentes do IGESDF conta com mais de 170 inscritos

O evento, com foco no tema “A assistência ao paciente de alta complexidade – Base no cuidado humano”, foi sediado no Hospital de Base

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Davidyson Damasceno/IGESDF
PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Foi aberta, nesta quinta-feira (7) a I Jornada dos Residentes do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) e a XXXVII Jornada dos Médicos Residentes e Egressos do Hospital de Base do Distrito Federal. O evento, com foco no tema “A assistência ao paciente de alta complexidade – Base no cuidado humano”, foi sediado no Hospital de Base e conta com mais de 170 inscritos e vai até sexta-feira (8). 

Francisco Araújo, diretor-presidente do IGESDF, foi responsável por abrir a jornada e ressaltou que a humanização do atendimento é uma das principais metas estabelecidas pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. “Precisamos incluir as pessoas na perspectiva do direito. O governador está preocupado com a humanização. Tem que haver o cuidado, o profissional tem que olhar no olho do paciente. Podemos ter os melhores equipamentos, mas sem a humanização não adianta”, destacou.

Foto: Davidyson Damasceno/IGESDF

Segundo o diretor de Ensino e Pesquisa do IGESDF, Everton Macedo, o evento foi idealizado para reforçar o aprendizado. “O cuidado humanizado é uma tecla que temos apertado continuadamente. Nosso convite é para que vocês realizem essa reflexão durante esses dois dias”, disse.

Já para Júlio César, diretor de Atenção à Saúde, atualmente, as novas tecnologias permitem que os residentes busquem conteúdos modernos e conheçam alternativas inovadoras medicina, ampliando cada vez mais os desafios.

“Vocês têm o melhor corpo clínico aqui no Hospital de Base. Hoje, também têm o celular na mão, onde é possível pesquisar, mas a maior curva de aprendizagem ocorre ao longo do tempo com a experiência”, orientou o subsecretário de Atenção Integral à Saúde, Ricardo Tavares.

Ao final do evento, foi entregue um certificado de homenagem a um dos primeiros residentes que contribuíram para fundação do serviço de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base, entre os anos de 1972 e 1973, Edson Coutinho.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade