fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

PCDF identifica e prende autor de duplo feminicídio no Arapoanga

Desde o início das investigações, a PCDF já suspeitava que o ex-companheiro de Giane teria participação no caso

Avatar

Publicado

em

polícia civil pcdf
PUBLICIDADE

Guilherme Gomes e William Matos
[email protected]

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) informou que identificou e prendeu o autor do bárbaro crime que vitimou mãe e filha na região do Arapoanga, em Planaltina (DF), na madrugada desta quinta-feira (10). Trata-se do ex-companheiro de uma das vítimas.

Maria Madalena Cordeiro Neto, 60 anos, e Giane Cristina Alexandre, 36, estavam em cômodos diferentes e foram encontradas pelo Corpo de Bombeiros (CBMDF) já sem vida. Elas estavam cada um em uma cama, deitadas de bruços.

Um garoto de 6 anos, filho de Giane e neto de Maria Madalena, teria visto o crime. Segundo a Polícia Civil (PCDF), ele chegou a bater no portão de um vizinho pedindo ajuda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os corpos das vítimas não apresentavam marcas de arma de fogo ou arma branca. No entanto, os pulsos estavam machucados, o que indica que elas podem ter sido amarradas.

Desde o início das investigações, a PCDF já suspeitava que o ex-companheiro de Giane teria participação no caso. Ele e a vítima teriam terminado o relacionamento recentemente. O suspeito mora na mesma rua da família, na quadra 8 do Arapoanga.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade