fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Mulher de 61 anos é a primeira vítima fatal do coronavírus no DF

Vítima morreu na última segunda (23), no Hran. Confirmação da causa da morte veio após contraprova realizada pela Fiocruz, no Rio de Janeiro

Willian Matos

Publicado

em

Foto: REUTERS/Adriano Machado
PUBLICIDADE

A mulher de 61 anos que veio a óbito na última segunda-feira (23), no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), foi vítima do novo coronavírus. É a primeira paciente do DF que morre por conta do covid-19. A Secretaria de Saúde confirmou a informação neste domingo (29).

Desde que o óbito foi confirmado, há a suspeita de que o vírus causou a morte. A mulher foi ao Hran no domingo (22) apresentando febre e desconforto respiratório. Ela teve contato com um paciente que veio esteve no Exterior e testou positivo.

O quadro dela evoluiu para uma parada cardiorrespiratória às 11h40 de segunda (23), levando ao óbito. A confirmação da causa da morte veio após o resultado da contraprova, realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. O primeiro exame, feito após a internação, testou inconclusivo.

A vítima, Viviane Rocha de Luiz, sofria de obesidade mórbida e hipertensão arterial. Viviane também era ex-fumante. Ela morava em Brasília.

A Secretaria de Saúde afirma que está monitorando todos aqueles que tiveram contato direto com a vítima.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade