Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Menina de seis anos morre após ser baleada na cabeça em Ceilândia

Rafella Panceri
[email protected]

Uma menina de seis anos foi morta no Conjunto 36F da QNO 18, em Ceilândia, na noite desta segunda-feira (21). Ela passava o dia na casa do tio, Gerson Barbosa Lins, 39 anos, técnico de ar condicionado, e foi encontrada por ele no corredor da casa, ferida na cabeça e no tórax. Os disparos teriam partido de um carro preto e os tiros teriam sido direcionados ao irmão da menina, atingido na perna.

De acordo com a Polícia Militar, que confirma a morte da garota, testemunhas viram os atiradores fugirem no veículo após o atentado e as vítimas foram levadas ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC). A investigação do caso ficará a cargo da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O).

Foto: Myke Sena

Momentos de desespero

Gerson conta que estava dentro de casa quando escutou os disparos, por volta das 19h desta segunda. “Vi que meu sobrinho tinha sido pego e procurei a Maria Eduarda. Encontrei ela no chão, caída no corredor, ferida na cabeça e no tórax”, relata. “Ele foi atingido na perna”, complementa.

O tio da vítima ainda conseguiu ver o carro de onde partiram os tiros. “Um Voyage preto. Atiraram e foram embora. O tiro foi pro meu sobrinho e ela, que não tinha nada a ver, morreu”, lamenta. Ele acredita que o homicídio foi resultado de acerto de contas entre uma organização criminosa da QNO 17 contra outra, da QNO 18, mas não quis entrar em detalhes. A PMDF também acredita na versão do familiar.

Aguarde mais informações.

Você pode gostar
Publicidade