fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Ibram autoriza parcelamento do solo no Itapoã Parque e no Crixá

Isso significa que o parcelamento do solo está autorizado nas duas regiões. GDF pretende construir prédios de moradia popular nos locais

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) enviou à Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab) as licenças de operação para os bairros Itapoã Parque, no Itapoã, e Crixá, em São Sebastião. As autorizações foram publicadas no Diário Oficial (DODF) desta quinta-feira (26).

Isso quer dizer que o parcelamento do solo está autorizado nas duas regiões. O Governo do Distrito Federal (GDF) pretende construir prédios de moradia popular nos locais.

No Crixá, o parcelamento foi autorizado nas quadras 1 a 5. Em junho deste ano, o governador Ibaneis Rocha entregou chaves de apartamentos já construídos em outras quadras do bairro. Uma das contempladas com um apartamento, Noeli Fernandes conta que estava esperando por uma casa própria desde 2013. “Alegria enorme em ter uma moradia. Não dá nem para explicar”, disse Noeli.

À época, Ibaneis revelou uma meta de entregar pelo menos 40 mil moradias na capital federal até o fim do governo. “Tenho convicção de que nós vamos atingir bem mais do que isso”, projetou. “Nós estamos o tempo todo buscando as soluções necessárias para atender você, da camada mais carente, que procura moradia”, declarou o governador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quanto ao Itapoã Parque, o GDF estima que ali seja a maior obra relacionada à moradia popular da capital no momento. “Aqui a previsão é para mais de 12 mil famílias”, declarou o governador, em outubro deste ano. “Esperamos, ainda no nosso governo, entregar pelo menos a metade dessas moradias.”




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade