Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Homem que portava skunk é preso em Taguatinga

Droga estava no câmbio e em um dos bancos do carro no qual o homem estava

Foto: Divulgação/PMDF

Willian Matos
[email protected]

A Polícia Militar do DF (PMDF) prendeu, na noite desta quinta-feira (11/7), um homem que andava com quantidade considerável de skunk (maconha potencializada) dentro do carro. Uma equipe da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) foi responsável pela apreensão da droga e detenção do indivíduo.

Os policiais faziam patrulhamento na QSE, quando viram um carro andando com faróis apagados na QSE 5. A viatura se aproximou e o motorista demonstrou nervosismo.

Ao revistar o interior do veículo, a polícia encontrou as frações de skunk debaixo do banco do motorista e grande quantidade próximo ao câmbio (marcha). O homem foi levado à 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul).

Skunk

Devido ao alto teor de THC, o skunk é considerado uma “supermaconha”. Desenvolvido em laboratórios da Holanda, ele é produzido a partir de uma espécie de cannabis sativa hibrida, ou seja, resultado de cruzamentos de espécies diferentes de plantas do mesmo gênero (Cannabis sativaCannabis indica e Canabis ruderalis), cultivada de forma diferente, justamente para ter maior concentração de THC (tetrahidrocannabinol), substância ativa com poder narcótico presente nas plantas desse gênero.

Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *