fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Grávidas também podem curtir o carnaval!

Mas mesmo para aquelas que estão autorizadas e querem aproveitar a festa do Rei Momo é preciso tomar alguns cuidados

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Bailinhos, blocos de rua e festinhas podem estar no cronograma de fim de semana para mulheres grávidas! Segundo a ginecologista e obstetra Raphaela Bueno, do Centro de Medicina Fetal, a única restrição é para mulheres com alguma contra-indicação. “As pacientes que tenham algum risco como sangramento, risco de parto prematuro, contrações uterinas ou outros, deverão seguir as orientações do obstetra e só partir para a folia se forem liberadas”, afirma.

Mas mesmo para aquelas que estão autorizadas e querem aproveitar a festa do Rei Momo é preciso tomar alguns cuidados. “O ideal é que evitem locais muito tumultuados ou sem uma boa circulação de ar. Com o crescimento da barriga, o centro de gravidade da gestante se desloca, facilitando o desequilíbrio. Empurrões, quedas e pancadas na barriga, mesmo que sem querer, podem ocasionar, em casos mais extremos, até um parto prematuro”, explica a especialista.

Ainda de acordo com a Dra. Raphaela, o excesso de barulho também deve ser evitado. “É interessante também que a cada 2 horas, aproximadamente, descansem um pouco. Não esquecer de levar algo para comer durante o Carnaval(frutas, castanhas, sucos, são boas opções) e beber muita água já que as gestantes têm maior facilidade para desidratar”, ressalta.

Se você está grávida confira mais dicas para aproveitar os dias de festa de forma saudável:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
  • Usar roupas leves e sapatos confortáveis.
  • Não ingerir bebidas alcoólicas já que não existe uma quantidade pré-determinada que seja segura.
  • Evitar lugares que tenham fumaça ou spray de espuma, para não correr o risco de entrar em contato com substâncias que podem ser prejudiciais ao bebê ou causar algum tipo de reação alérgica para a mãe.

Já para as mamães que irão viajar é necessário que o médico dê uma autorização atestando que a gestante está apta para a viagem e sempre levar o cartão de pré-natal. “ É importante se informar se no local escolhido existe atendimento médico de emergência caso seja necessário. Respeitar os limites de cada uma é a principal dica para as futuras mamães curtirem um carnaval tranquilo é evitar os excessos! E não esqueçam do repelente”, finaliza a médica do Centro de Medicina Fetal.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade