fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Encontrada a mulher que sumiu após sair de casa para vender celular

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Ana Lúcia Ferreira
[email protected]

Após sete dias, foi encontrada a mulher que desapareceu depois de sair de casa para vender celular em Sobradinho. Ana Dias de Castro, 37 anos, foi deixada no Hospital Municipal Santa Rita de Cássia, em Planaltina de Goiás, distante cerca de 50 km de onde mora, por volta das 12h desta quarta-feira (26). De acordo com familiares, a mulher está com escoriações pelo corpo, bastante inchada, suja e com as roupas que vestia no dia em que saiu de casa – uma calça jeans e uma camisa branca – rasgadas. Entretanto, ainda não se sabe o que aconteceu durante o período em que ela ficou desaparecida.

Ao Jornal de Brasília, a sogra de Ana, Francisca de Almeida, informou que a mulher segue internada e recebeu uma medicação para dormir, pois estava bastante agitada. Francisca chegou ao hospital no início da tarde, na companhia do filho e cunhado da vítima, Fernando de Almeida, e  relatou que só poderão esclarecer o que ocorreu após a chegada do marido de Ana, Uendel de Almeida, no fim da tarde.

“A gente não sabe nada, ninguém conseguiu falar com ela. Só sabemos que ela estava bastante agitada, assustada, mas o estado em que ela está aqui no hospital é deplorável. Depois que o marido dela vier aqui e organizar tudo a gente vai ter que ir à polícia, fazer exame no IML, essas coisas, porque ninguém sabe o que aconteceu”, desabafou.

De acordo com Francisca, a primeira pessoa a ter contato com Ana teria sido uma afilhada dela. Para a afilhada, a história contada foi que Ana estava pela rua, nas proximidades do hospital, quando pediu socorro para um motorista que passava. O homem então, a teria deixado no pronto-socorro, porém, ninguém sabe de quem se trata. A sogra ainda revelou que Ana disse baixinho ao ouvido da afilhada: “Tentaram me matar”. No entanto, não sabe se é verdade ou algum delírio pela sua condição de saúde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ana Dias de Castro, 37 anos. Foto: Reprodução

Desaparecimento

Ana Dias, saiu de casa, na Fercal, no dia 19 de dezembro. Na ocasião, ela disse aos familiares que iria vender seu celular, porém, não retornou. A mulher chegou a ser vista ao embarcar em um ônibus da Fercal para Sobradinho I. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ana sofre de transtornos mentais. Segundo a sogra, o problema teve início após uma forte depressão.  Francisca também revelou que Ana chegou a ficar internada por um tempo no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), em Taguatinga.

“Agora é esperar tudo se resolver e quem sabe seguir com o tratamento dela por lá novamente”, afirma. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ana é casada há 22 anos com Uendel, 41 anos,  e tem três filhos: dois meninos de 12 e 22 anos, e uma menina de 20 anos.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade